Milkshake de Verão

Não é que só se possa tomar milkshake no verão. Eu realmente não acho isso, gosto de milkshake em qualquer época e até arriscaria dizer que no frio ficam ainda melhores de tomar! Mas tudo bem que com o calor que tá fazendo é mais legal derreter junto com o sorvete do que sozinho. Ou melhor ainda, não deixar o sorvete derreter e atrasar um pouco o seu derretimento.

Como eu gosto de fazer coisas ~diferentes~ tive um pouco de trabalho pra inventar essas receitas. Afinal, qual seria a graça de fazer algo que todo mundo já fez? Tá certo, talvez eu tenha pecado por ainda assim gostar muito de Oreo, paçoca, café e whisky, mas eu juro JURO que dei o meu melhor e tentei fazer algo diferente.

O fato é que, pra mim, milkshakes são uma bebida tão mágica que é só jogar tudo no liquidificador, coisas que já eram gostosas sozinhas, e esperar que essa maravilha fique pronta. Lembre-se: pra um milkshake quanto mais sorvete melhor (pelo menos na minha cabeça). E eu gosto de usar o de creme pra tudo que eu vou fazer. Então é isso, vamos a eles!

Continuar a ler

Anúncios

Cupcakes da Princesa Leia (Star Wars)

Eu tenho amado esse papo de convidados no blog. Acho sempre que eles trazem coisas tão legais que não sei nem explicar e que eu não pensaria porque, claro, não sou eles né!

Essa semana a receita é super ultra mega especial e com uma convidada linda e minha amiga que faz os melhores cupcakes do mundo (e pra conhecer a loja dela é só clicar aqui!). Sim, é um episódio nerd. Ah, mas por que? Pelo simples fato de que nerdices são as melhores coisas da vida e que Star Wars é o melhor filme de todos os tempos.

Ah, mas eu não gosto de Star… – PARA!!! – não termina essa frase por favor porque eu vou parar de gostar de você que é tão lindo e que adora nossas receitas. Ninguém de bom caráter no universo pode dizer que não gosta de Star Wars!!!

É como disse o sábio Ted Mosby uma vez: Nunca pense em casar com uma mulher que nunca viu os seis filmes. – ou alguma coisa assim, claro.

Continuar a ler

Para Começar: Creme de Confeiteiro

Existe uma grande e única mística ao redor do creme de confeiteiro e eu nunca entendi bem porquê. Tá certo que é uma receita delicada e que precisa de muitos cuidados, mas não é tão difícil de fazer.

Eu acho que por rechear tantas coisas maravilhosas e francesas como bombas, folheados e tortinhas, dá um medo de fazer. Além disso, é claro, é uma das camadas daquele bom e velho pavê que seu tio engraçadinho sempre dá um jeito de estragar.

Mas vocês vão ver que é fácil e, se você ainda assim ficar nervoso demais pra tentar, no vídeo dessa sexta a gente vai prepará-lo!

Creme de Confeiteiro

Ingredientes:
– 2 gemas
– 3 colheres de sopa de açúcar
– 1 colher de sopa de maizena
– 200ml de leite
– 1 colher de café de essência de baunilha
– 1 colher de sopa de manteiga sem sal

Os ortodoxos dirão que é obrigatório usar a fava da baunilha pra essa receita. É bem verdade que com a fava ela vai ficar melhor, mas como muitas vezes eu não tenho dinheiro pra comprá-la e outras vezes não acho, eu faço essa versão.

Comece separando as gemas das claras (guarde-as para fazer omelete). Adicione o açúcar às gemas e bata até esbranquiçar. Se você tiver um fouet é o mais indicado pra isso.
Coloque a maizena e continue a mexer, até que o creme fique bem fofinho e quase branco.

Leve para ferver o leite e a essência de baunilha, olhando sempre pra não fazer a maior sujeira do universo.

Peça ajuda de alguém e, batendo a mistura das gemas, adicione aos poucos o leite. Sim, tem que bater com vontade e, sim, tem que jogar o leite aos poucos se não sua gema vai cozinhar e ficar tipo ovo cozido.

Volte a mistura para o fogo e mexa com um fouet até engrossar.
Depois que tirar, espere esfriar por 10 minutos, adicione a manteiga e bata novamente. A manteiga serve para dar brilho e uma textura diferente ao creme de confeiteiro!

CremeConfeiteiro02

CremeConfeiteiro03