Muffins Natalinos

Coloca a música de Natal pra tocar. Vai, anda logo, monta a árvore e enche de luzinha e bolas vermelhas que reflitam bastante a sua sala iluminada à meia luz durante a ceia. Aproveita e tira umas fotos hipsters da árvore. Ah, e também compra uma estrela bem bonita pra colocar lá no topo. É sério, vai fazer isso, já é dezembro e a gente já vai até começar a ensinar receitas maravilhosas pra você.

Para para para! Na verdade eu não tenho árvore de Natal, não tenho luzinha e nem bolas vermelhas (até porque minhas gatas destruiriam as três coisas). Essa data pra mim só me remete a uma coisa: muita muita MUITA comida. Comer até passar mal, cozinhar pra 347 pessoas mesmo que sua família só tenha 4, comer no dia seguinte também. E esperar o Ano Novo pra comer mais. Se esse é o espírito que tanto falam? Não sei, mas é uma das poucas coisas em que eu acredito e essa data prova isso: a comida é o que reuni e sempre reuniu as pessoas.

A ideia que tivemos pra esse ano – que, aliás é o primeiro ano com o blog já bem organizado e com um especial 100% planejado e lindo – foi melhorar as receitas que sempre comemos na ceia aqui no Brasil e que a gente sabe, de alguma forma, que podiam ser melhores. E às vezes até mais fáceis. Bem, se não mais fáceis, mais divertidas.

A única receita que difere dessa ideia é a de hoje. A de abertura. Porque ela é um presente pra alguém. Então vem assistir e entender e aprender a fazer os muffins da manhã de Natal americana.

Continuar a ler

Anúncios

Cupcakes da Princesa Leia (Star Wars)

Eu tenho amado esse papo de convidados no blog. Acho sempre que eles trazem coisas tão legais que não sei nem explicar e que eu não pensaria porque, claro, não sou eles né!

Essa semana a receita é super ultra mega especial e com uma convidada linda e minha amiga que faz os melhores cupcakes do mundo (e pra conhecer a loja dela é só clicar aqui!). Sim, é um episódio nerd. Ah, mas por que? Pelo simples fato de que nerdices são as melhores coisas da vida e que Star Wars é o melhor filme de todos os tempos.

Ah, mas eu não gosto de Star… – PARA!!! – não termina essa frase por favor porque eu vou parar de gostar de você que é tão lindo e que adora nossas receitas. Ninguém de bom caráter no universo pode dizer que não gosta de Star Wars!!!

É como disse o sábio Ted Mosby uma vez: Nunca pense em casar com uma mulher que nunca viu os seis filmes. – ou alguma coisa assim, claro.

Continuar a ler

Bolinho de Chuva

Para começar queria dividir com vocês minha surpresa ao descobrir que o Felipe simplesmente nunca tinha comido bolinho de chuva na vida dele até o dia em que essa receita foi feita.

Bolinho de Chuva

Também queria dividir minha indignação por ter ido procurar uma receita no livro da Dona Benta e, ATENÇÃO, não tem receita de bolinho de chuva no livro dela. Mas é claro que, como não poderia deixar de ser, peguei essa receita de outra avó, também famosa e muito muito mais hardcore e engraçada.
Hoje apresento a vocês a receita do bolinho de chuva da Vovó Palmirinha!

Bolinho de Chuva

Ingredientes:
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 5 colheres de sopa de açúcar
– 1 ovo
– 1 colher de sopa de manteiga
– 1/2 colher de sopa de fermento em pó
– 3/4 de xícara de leite
– Canela e açúcar pra cobrir o bolinho lindo
– Óleo pra fritar

Comece misturando a farinha, o açúcar, a manteiga o fermento e o ovo em uma tigela relativamente grande. Misture e depois acrescente o leite até dar o ponto. O ponto que nesse caso quer dizer uma massa molinha mas que dê pra moldar com uma colher.

Coloque o óleo para esquentar. E aqui está o pulo do gato do bolinho de chuva. O óleo não pode estar muito quente caso contrário o bolinho vai queimar sem cozinhar por dentro. Nesse caso é melhor errar pra uma temperatura menor e deixar o bolinho lá por mais tempo!
Prepare a mistura de açúcar com canela para colocar os bolinhos assim que eles saírem da fritura.

Com a ajuda de duas colheres, faça os bolinhos em uma e empurre para o óleo com outra. Deixe que fritem até estarem douradinhos por fora e, com uma escumadeira, transfira para o açúcar com canela e dali para um recipiente com papel toalha.

Deixe que esfriem um pouco e coma com café porque é a melhor coisa que pode existir!

Bolinho de Chuva

Bolinho de Chuva

Bolinho de Chuva

Bolinho de grão-de-bico

Ontem fomos fazer um dos eventos dos quais participo de tempos em tempos. É uma feira para novos estilistas e também novos chefs poderem expor seu trabalho e ter a chance de se divulgar e vender seus produtos. Além de, é claro, ser um lugar muito hype e charmoso do Rio de Janeiro. (aqui vão algumas fotos da minha barraca e de eu sendo linda com o Felipe atrás da câmera).

Ginger Bistrô - Cluster

Ginger Bistrô - Cluster

Ginger Bistrô e Fotografando à Mesa

Estou muito orgulhosa de mim porque hoje consegui montar um prato vegetariano e muito MUITO maravilhoso. Tão maravilhoso que ouvi pessoas não vegetarianas falando que era melhor que o prato com carne.
Só amor, né?

E por isso eu resolvi que vou dar as receitas do que eu fiz durante essa semana. A começar pelo bolinho de grão de bico assado que, sério, melhor que muitos bolinhos com carne por aí.
Na verdade, se tirarmos a maionese de pepino de cima do bolinho, seria um prato vegano o que faz com que as receitas que vou dar sejam veganas, então estou ainda mais orgulhosa de mim agora, rs.

Vamos começar logo porque pra que perder tempo quando se tem uma comida tão maravilhosa pela frente, não é mesmo?

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Ingredientes:
– 400g de grão de bico
– 2 colheres de sopa de salsa
– 1 colher de sopa de coentro
– 1 pitada de páprica picante
– 1 pitada de orégano
– 3 colheres de sopa de farinha de trigo
– Sal e pimenta do reino a gosto

Para começar, deixe o grão de bico de molho em água por pelo menos 12 horas. Quanto mais tempo você deixar, melhor ele vai ficar. Coloque numa panela de pressão coberto de água e conte 25 minutos depois que pegar pressão.
Você também pode usar aqueles grão de bico em conserva se quiser mais praticidade!

Depois que o grão de bico esfriar, comece a amassá-lo com as mãos, até que se forme uma pasta.

Com a salsinha e o coentro picados, misture todos os outros ingredientes ao grão de bico e continue amassando colocando todo amor do mundo. O ponto da massa é quando você conseguir moldar uma bolinha nas mãos.

Faça as bolinhas e achate, formando discos com a massa.
Com o forno pré-aquecido a 200 graus, leve os disquinhos para assar em uma forma untada por mais ou menos 15 minutos de cada lado, até que estejam dourados.

Coma até morrer porque fica bom demais tão bom que você vai querer ter pra sempre em casa.

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Bolinho de Arroz

Essa receita não tem como dar errado. Sério, é simplesmente impossível. Mesmo que minha baby gata viesse aqui e digitasse pra vocês a receita na língua dos gatos vocês ainda assim acertariam.

Bolinho de Arroz

Desde criança eu simplesmente amo bolinho de arroz. Minha avó faz, provavelmente, o melhor do mundo. E dai que eu precisava aprender a fazer. Então lá fui eu misturar a receita da minha vó com a receita da Dona Benta para criar a minha própria e poder ensinar a vocês.

E pra quem não gosta ou acha que não gosta de bolinho de arroz, espere: esse vai mudar a sua opinião.

Bolinho de Arroz

Ingredientes:
– 2 xícaras de arroz pronto
– 1/2 xícara de leite
– 2 ovos
– 4 colheres de sopa de farinha de trigo
– 5 colheres de sopa de parmesão ralado
– 150g de mussarela
– 1 colher de café de fermento
– 1 colher de sopa de salsinha
– Sal e pimenta do reino
– Óleo para fritar

Para começar leve o arroz e o leite ao fogo em uma pequena panela. O importante é que o arroz absorva toda a água para ficar mais molinho.

Depois que isso esfriar, coloque em um pote todos os ingredientes menos a farinha e o fermento. Misture bem para depois adicionar os últimos dois ingredientes.
A massa estará boa quando você conseguir fazer um formato com uma colher então se no final das contas ficar mole, é preciso adicionar mais farinha pra dar liga.

Aqueça o óleo em uma frigideira funda e com a ajuda de duas colheres faça os bolinhos e vá jogando aos poucos. Frite até que fiquem dourados.
Aqui vai uma dica: se você ficar em dúvida se já está dourado o suficiente ou não, tire da frigideira. Depois que ele sair ele vai continuar fritando por causa do calor e o bolinho ainda doura um pouco mais.

Ah, a boa é usar arroz que está sobrando na geladeira porque fazer arroz só pra comer bolinho fica realmente difícil (a menos que você esteja com desejo claro).
Essa receita rende mais ou menos uns 30 bolinhos médios.

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz