Hambúrguer de Quinoa e Feijão

De vez em quando bate uma inspiração de fazer uma coisa tão irada que até você acha super mega ultra hiper irado. Esse hambúrguer já estava sendo elaborado na minha cabeça sem nem eu mesmo saber, há algum tempo, de tanto ver e ouvir falar e comer hambúrgueres vegetarianos fui me apaixonando por eles.

Foi quando a Flora disse que vinha aqui em casa que achei que seria a oportunidade perfeita para tentar colocar em prática o melhor burguer vegetariano que eu conseguisse pensar em fazer. E por isso coloquei feijão, quinoa e cogumelos juntos em um só lugar, como numa dança com perfeita sintonia que te leva para outro patamar de comida.

Vem comigo porque, olha, só amor essa receita.

Hambúrguer de Quinoa com Cogumelos

Ingredientes:
– 2 xícaras de feijão preto cozido
– 1/2 xícara de quinoa em grãos
– 100g de cogumelos paris
– 2 dentes de alho
– 1/2 xícara de chá de farinha de rosca
– 1 colher de chá de cominho em pó
– Sal e pimenta do reino a gosto

Para começar, bata no processador o alho. Adicione os cogumelos e triture bem.

Coloque o feijão (apenas os caroços) e a quinoa e bata para formar uma pasta. Retire do processador e, com a ajuda de uma espátula, coloque a farinha de rosca, o cominho, o sal e a pimenta. Mexa até ficar homogêneo.

Se necessário, coloque mais farinha de rosca. É preciso que a massa desgrude das mãos.

Modele os hambúrgueres e coloque-os na chapa bem quente, com um pouco de azeite e deixe que doure dos dois lados. Passe para o pão e coloque o molho que a Flora ensinou pra gente por cima. Feche o pão e coma sendo o mais feliz que puder ser!

Nossa receita rendeu 5 hambúrgueres!

Hambúrguer de Quinoa com Cogumelos Hambúrguer de Quinoa com Cogumelos

Anúncios

Omelete de Forno

A bem da verdade que essa receita era pra ser muito MUITO mais simples do que terminou sendo. Não no sentido de dificuldade, mas de como ela ia ficar no final das contas. Eu fiz já preparada para ter que pensar em algo melhor e, de repente, ficou tão linda e maravilhosa que nem acreditei!

Ai, como eu amo receitas assim ❤

E aí surgiu o nosso quase-souffle super simples e rápido de fazer que só posso dizer que estou muito feliz de poder compartilhar com vocês porque poderia viver dele! Então vamos lá!

omelete de forno (souffle)

Ingredientes:
– 8 ovos grandes
– 1 pitada de cominho em pó
– Sal e pimenta do reino à gosto
– 100g de tomate cereja
– 50g de azeitonas verdes sem caroço
– 50g de mussarela de búfala
– 1 xícara de folhas de espinafre

Para começar, quebre os ovos em uma tigela e bata bastante com um fouet, para formar bastante espuma (é isso que vai fazer o omelete crescer e virar um souffle). Tempere com o cominho, sal e pimenta do reino.

Adicione os tomates, as azeitonas, a mussarela e o espinafre e bata mais um pouco.

Com a ajuda de uma concha, coloque a massa em ramequins (ou algum outro potinho que possa ir ao forno). No nosso caso renderam 5 porções.

Leve em forno pré-aquecido a 200 graus até que tenham crescido e os ovos estejam cozidos. Sirva em seguida!

omelete de forno (souffle) omelete de forno (souffle)

Lasanha do Oh

A parceria com o Pop Creature voltou! E o que melhor pra isso do que um desenho animado? Vocês podem não saber mas minhas maiores paixões na vida são cozinhar e assistir desenhos. E se tiver um alienígena no meio realmente não tem como ficar melhor!

Essa semana sai o filme Cada um na sua Casa, que conta a história do Oh, um alienígena que chega ao Planeta Terra sem saber muito o que está acontecendo, mas sobre isso quem pode falar melhor é o Pop Creature mesmo.

O fato é que pensamos que quando alguém chega na nossa casa a gente oferece um café com biscoitos (ou, no nosso caso, uma cerveja ou um drink). Mas o que você daria a um alienígena, pra apresentar o nosso planeta pra ele? Depois de muita discussão, chegamos a conclusão que não teria como ele não se apaixonar por uma lasanha clássica. Com direito a dois molhos, mussarela de búfala e tudo mais!

Então vem com a gente porque esse filme vai ser amor e se tiver lasanha, melhor ainda! ❤

Continuar a ler

Mac n’ Cheese de Forno

Quem não ama macarrão bom sujeito não é. E se não gostar de queijo também pode por favor fechar essa aba do seu navegador porque não quero mais ser sua amiga.

Eu sei o que você vai dizer, que todo mundo já fez Mac n Cheese na internet (nós inclusive) e você vai se perguntar porquê resolvemos colocá-lo no forno. Bem, a resposta é simples: porque não há nada que uma crostinha de queijo por cima não melhore. E porque você pode deixar pronto e esquentar na hora do jantar se sua vida for uma loucura igual a nossa.

E aí é que eu te digo: não tem mau humor que esse macarrãozinho show de bola não resolva. Não há fome que ele não mate. Não há saudade de casa que ele não resolva. E eu posso prometer que você não vai se arrepender. Juro juradinho.

Mac and Cheese no Forno

Ingredientes:
– 2 colheres de sopa de manteiga
– 1/2 cebola
– 150g de queijo mussarela
– 100g de queijo provolone
– 400g de creme de leite
– 100ml de água
– 1 colher de chá de páprica doce
– Salsinha a gosto
– 250g de massa conchinha pré-cozida
– 3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
– 3 colheres de sopa de farinha de rosca

Comece refogando a cebola picada na manteiga. Adicione o creme de leite e os queijos e deixe que eles derretam. Coloque a água, a páprica, a salsinha e tempere com sal e pimenta do reino. Deixe cozinhar por 5 minutos.

Adicione a massa à panela e misture. Se a sua panela não puder ir ao forno, transfira a mistura para uma travessa.

Salpique o queijo parmesão e a farinha de rosca e leve ao forno a 200 graus até que doure a parte de cima.

Sirva bem quentinho. Essa receita alimenta 2 pessoas muito famintas ou 3 pessoas normais.
– Sal e pimenta do reino à gosto

Mac and Cheese no Forno Mac and Cheese no Forno

Queijos Quentes do Food Truck: A Batalha

Foi muito amor. Isso foi o que recebemos por ter tanta gente linda que nos acompanha assistindo o programa sexta-feira. E isso é, sinceramente, muito, infinitamente mais importante do que qualquer dinheiro que podíamos ganhar.

Recebemos um carinho imenso da produção durante as gravações e ver que tudo ficou lindo e que parece que foi tão simples e sem nenhuma correria é fantástico! Quando aceitamos participar, desde lá o começo (e isso aconteceu em Setembro), eu já tinha dito: eu vou porque amo cozinhar.

E fui. Pra ganhar também, é lógico, mas principalmente pra fazer todo mundo que esteve ali, ao meu redor, sorrir. E pra fazer vocês entenderem mais um pouco quem sou eu e o quanto eu sou completamente apaixonada por fazer comida. Simples assim.

Quando cheguei lá e soube que seria Bacon tudo que eu consegui pensar, naquele pouco tempo que tinha, foi que eu ia conseguir (ainda bem!) cozinhar o que acredito que nasci pra cozinhar na rua: queijo quente. E pode parecer estranho, mas é isso que me encanta. Dois pedaços de pão, recheados com o que quisermos e com a combinação de sabores certo algo ridiculamente simples passa a ser, assim, um pedacinho de alegria a cada mordida.

Então é isso, vocês pediram e depois de me ver na TV, me envolver de novo, ficar com pena de mim de novo e ver de novo o quanto eu realizei meu sonho estando dentro daquele Truck (pra quem trabalha com uma chapa que cabem 4 queijos quentes de repente ter uma em que cabiam, mais ou menos, 15 deles foi nada além de mágico) e me divertindo ao lado das pessoas que amo, eu não tinha como negar.

Aqui vão as duas receitas que nos fizeram perder o dinheiro, mas ganhar tantas outras coisas e tanto carinho e tanta experiência e tanta risada que isso que passou a importar. Espero, de verdade, que gostem!

Continuar a ler

Geleia de Tomate

Receita Panna Cotta com Geleia de Tomate

Ingredientes:
– 4 tomates italianos
– 5 colheres de sopa de açúcar
– 1 copo e meio de água
– 1 canela em pau
– 4 pimentas-do-reino em grão

Corte os tomates em cubos, tirando as sementes, e leve para cozinhar com a água. Quando começar a ferver, adicione o açúcar e as especiarias.

Deixe ferver, mexendo de vez em quando, por pelo menos 1 hora, até que o tomate esteja parcialmente desfeito e a água tenha secado quase completamente. Se quiser deixar mais tempo, vá acrescentando água. Uma vez cozinhei por 5 horas essa maravilhosa geleia e foi a melhor de todos os tempos, fica ai a dica.

Frittata Carnavalesca

Eu sei, essa época do ano, no meio do feriado, pode ser difícil parar para fazer alguma comida. Estou falando de você aí saindo pra curtir os blocos e ficar bebado (e não de você que está em casa com preguiça, afinal, é nessas horas que deveríamos cozinhar mais e mais!). Mas é por isso que eu estou aqui, não é?

Como foliã nata do Carnaval Carioca, sei quanto a gente precisa comer pra sobreviver a todos esses dias de alegria. Sei como pode ser um desafio acordar as 7 da manhã para ir a um bloco e já precisar abrir uma latinha de cerveja. Sei também como é bom chegar em casa à noite e comer uma comida gostosa pra viver. Mas nada muito dificil, por favor.

Por isso apresentamos a vocês nossa segunda versão de Frittata. Que vai te fazer mais feliz nesse final de Carnaval.

Continuar a ler