Cheesecake de Abóbora

Halloween, essa maravilhosa época do ano em que fora do Brasil tem muitas crianças saindo bem fofinhas e fantasiadas pra bater nas portas dos vizinhos e pedir docinhos. Sério, não poderia ter data mais assustadoramente fofa do que essa.

Apesar de não existir comemoração de verdaaaade aqui, eu sempre tive vontade de conhecer um Halloween de verdade e, por isso, também sempre procuro saber de comidas que as pessoas fazem nessa época. E como os americanos gostam de abóbora (por sorte eu também gosto!)!

Mas na verdade o meu palpite sobre a abóbora é que como lá eles costumam respeitar bastante essa coisa de “frutas da estação”, a abóbora é típica do outono porque nasce melhor quando plantada em clima ameno e bla bla bla. Então talvez tudo que eles fazem com as abóboras tenha a ver com isso. Estraguei tudo pra você? Talvez sim. Me desculpa por isso.

O fato é que depois de pesquisar muito cheguei a conclusão que deveria me manter nos clássicos para o nosso especial de Halloween e, por isso, adaptei uma receita tradicional americana de Cheesecake de Abóbora. Agora, não vá se assustar, por favor. Porque essa torta é muito MUITO deliciosa mesmo.

Cheesecake de Abóbora

Ingredientes da Base:
– 1 pacote de biscoito de leite
– 50g de manteiga derretida
– 1 pitada de canela em pó

Para começar, precisamos fazer a base da nossa cheesecake. Em um processador, coloque o biscoito e a canela e bata para misturar e triturar, até virar uma farofinha. Depois disso, adicione a manteiga derretida aos poucos até que os biscoitos comecem a grudar. Fica mais ou menos parecido com areia de praia molhada.

Quando estiver pronto, coloque em uma assadeira untada (de preferência com fundo removível) e pressione até forrar todo o fundo, tentando sempre fazer tudo da mesma altura.

Cheesecake de Abóbora

Ingredientes do Recheio:
– 450g de cream cheese
– 3/4 de xícara de açúcar mascavo
– 3 ovos
– 240g de abóboras cozidas e amassadas
– 1 pitada de canela
– 1 pitada de noz-moscada

Para começar, bata o cream cheese no processador até que ele fique mais líquido. Adicione os outros ingredientes e bata até formar uma mistura bem líquida. Não se assuste, o recheio vai realmente ficar bem líquido, mas é normal porque essa é uma cheesecake assada!

Despeja por cima da base de biscoito e leve para assar em forno pré-aquecido a 180 graus por 1 hora. O truque para saber se está na hora de tirar do forno é ver se as laterais já estão rígidas, mas o centro continua molinho.

Retire do forno e espere esfriar. Leve para a geladeira por, pelo menos, 4 horas.

Cheesecake de Abóbora

Ingredientes da Cobertura:
– 250g de cream cheese
– 1/4 xícara de açúcar
– 1 colher de chá de essência de baunilha

Bata todos os ingredientes no processador apenas para que eles se misturem. Quando a cheesecake já estiver pronta, espalhe a cobertura por cima dela.

Eu ralei noz-moscada por cima da cobertura pra ficar ainda mais lindo!

Cheesecake de Abóbora

Cheesecake de Abóbora

Cheesecake de Abóbora

Cheesecake de Abóbora

Cheesecake de Abóbora

 

Cheesecake de Abóbora

Cheesecake de Abóbora

Cheesecake de Abóbora

Anúncios

Arroz Tailandês

Estávamos precisando de algumas coisas deliciosas para o blog. E aí eu me lembrei que tinha na minha despensa um montão de temperos tailandeses que o Perrone, do Sanduba Insano, trouxe aqui pra casa um dia desses pra cozinhar pra gente!

Claro que não estou querendo te convencer que essa é a comida thai tradicional até porque sei que não é. Fiz uma versão própria do que eu acho que seria bom comer se eu fosse viajar pra tailandia, se é que assim me explico bem! O que eu sei é que ficou muito muito bom e acho que vocês deveriam tentar em casa!

Arroz Tailandês

Ingredientes:
– 1 xícara de arroz de jasmin
– 1 cenoura grande
– 1 cebola
– 1 pimentão vermelho
– 200ml de leite de coco
– 1 limão
– Pasta de Curry
– Mistura de Satay
– 50g de peito de frango
– 1 punhado de salsa

Para começar, corte o frango em cubos e coloque um pouco da mistura do Satay, segundo a embalagem. Se você não tiver a mistura, coloque 1 colher de chá (bem cheia) de curry em pó. Misture com uma colher de sopa de leite de coco e deixe descansar.

Corte o pimentão, a cebola e a cenoura e reserve.

Arroz Tailandês

Se você não achar a pasta de curry, uma forma que eu encontrei de fazer em casa foi pegar 1 colher de sopa de curry, colocar 1 colher de chá de páprica e ir misturando água até formar uma pastinha. Claro que não vai ser igual, mas substitui bem!

Em uma frigideira bem quente, frite o frango temperado e reserve. Na mesma frigideira, coloque a cebola e comece a refogar. Adicione a pasta de curry e, em seguida, os outros legumes já cortados. Refogue por mais ou menos 2 minutos e adicione o arroz. Refogue por mais um minuto.

Arroz Tailandês

Na hora de adicionar a água para o arroz, dilua o leite de coco nela para que a quantidade total já tenha o leite de coco incluido! Coloque a água na frigideira e deixe cozinhar. Quando estiver quase pronto, esprema o limão e coloque as folhas de salsa quebradas com a mão.

Para montar o prato, coloque o arroz, o frango e algumas folhas de salsa cortadas com a mão por cima. Essa receita serve 4 pessoas. Eu fiz o frango pra uma pessoa só, então se for fazer ele para 4, é só multiplicar tudo por quatro!

Arroz Tailandês Arroz Tailandês Arroz Tailandês

Tomates Recheados

Lá estávamos nós em uma viagem para o trailer. Fomos descansar da correria e preparar nossos fígados para o carnaval que está chegando (aliás o vídeo de semana que vem será sensacional e mudará este lindo feriado de todos que já o amam).

Foi quando eu resolvi fazer meus tomates recheados. Claro, sem muita preparação, mas prometo que com a mesma gostosura das nossas outras receitas. Não tem foto dos ingredientes, mas tem o Felipe fazendo careta no finalzinho (e quem achar comenta no vídeo por favor).

Então vamos lá! Porque tomates recheados nunca são demais.

Ingredientes:
– 4 tomates grandes
– 200g de queijo mussarela
– 1/2 vidro de azeitonas verdes
– Sal e Orégano a gosto
– Azeite para regar

Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Comece tirando a tampa dos tomates, para deixar a parte de cima aberta mesmo. Arrume-os em uma assadeira untada e regue com azeite, levando ao forno por 10 minutos.

Enquanto você espera o tomate, corte o queijo em pedaços médios e misture com a azeitona, temperando bem com sal e orégano. Mexa tudo com as mãos porque elas são a resposta de tudo.

Quando os tomates sairem do forno, com a ajuda de uma faca e de uma colher, retire bem as sementes, até que não sobre nenhuma. Jogue algumas pitadas de sal dentro do tomate, antes do recheio.
Adicione o recheio até encher bem e volte para o forno por 7 minutos. O recheio vai sobrar e é pra sobrar.

Depois disso, adicione o resto do queijo e volte para o forno por mais 7 minutos, ou até que o queijo derreta completamente.

Tomates Recheados

Tomates Recheados

Bolinho de Arroz

Essa receita não tem como dar errado. Sério, é simplesmente impossível. Mesmo que minha baby gata viesse aqui e digitasse pra vocês a receita na língua dos gatos vocês ainda assim acertariam.

Bolinho de Arroz

Desde criança eu simplesmente amo bolinho de arroz. Minha avó faz, provavelmente, o melhor do mundo. E dai que eu precisava aprender a fazer. Então lá fui eu misturar a receita da minha vó com a receita da Dona Benta para criar a minha própria e poder ensinar a vocês.

E pra quem não gosta ou acha que não gosta de bolinho de arroz, espere: esse vai mudar a sua opinião.

Bolinho de Arroz

Ingredientes:
– 2 xícaras de arroz pronto
– 1/2 xícara de leite
– 2 ovos
– 4 colheres de sopa de farinha de trigo
– 5 colheres de sopa de parmesão ralado
– 150g de mussarela
– 1 colher de café de fermento
– 1 colher de sopa de salsinha
– Sal e pimenta do reino
– Óleo para fritar

Para começar leve o arroz e o leite ao fogo em uma pequena panela. O importante é que o arroz absorva toda a água para ficar mais molinho.

Depois que isso esfriar, coloque em um pote todos os ingredientes menos a farinha e o fermento. Misture bem para depois adicionar os últimos dois ingredientes.
A massa estará boa quando você conseguir fazer um formato com uma colher então se no final das contas ficar mole, é preciso adicionar mais farinha pra dar liga.

Aqueça o óleo em uma frigideira funda e com a ajuda de duas colheres faça os bolinhos e vá jogando aos poucos. Frite até que fiquem dourados.
Aqui vai uma dica: se você ficar em dúvida se já está dourado o suficiente ou não, tire da frigideira. Depois que ele sair ele vai continuar fritando por causa do calor e o bolinho ainda doura um pouco mais.

Ah, a boa é usar arroz que está sobrando na geladeira porque fazer arroz só pra comer bolinho fica realmente difícil (a menos que você esteja com desejo claro).
Essa receita rende mais ou menos uns 30 bolinhos médios.

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz

Nutella Caseira

Começarei este post pecando e dizendo para o mundo que: não acho Nutella nada demais.
Mas eu bem sei que todas as pessoas normais amam essa delicia e então eu achei uma boa ideia (mentira, foi um menino do meu Facebook que sugeriu quando eu fiz uma enquete lá).

Nutella Caseira

Claro que depois de ler essa receita talvez vocês se sintam meio idiotas de estarem pagando tanto dinheiro num pote disso no mercado. Eu pelo menos me senti.
Mas pensem pelo lado bom: agora vocês vão ter como fazer na casa de vocês graças a mim (mentira porque roubei a receita do Buzzfeed).

Lembrem-se apenas que é uma Nutella caseira então ela é bem menos processada que a industrializada e por isso os pedacinhos são vistos.

Nutella Caseira

Ingredientes:
– 1/2 xícara de avelãs sem pele
– 170g de chocolate ao leite
– 2 colheres de sopa de óleo de canola
– 3 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro
– 1 colher de sopa de chocolate em pó
– 1 colher de chá de extrato de baunilha
– 1 colher de chá de sal

Pré-aqueça o forno a 180 graus.
Coloque as avelãs em uma assadeira e leve-as ao forno por 12 minutos, até que estejam douradas.

Ponha o chocolate partido em um pote e leve-o ao microondas até que derreta, parando a cada 15 segundos para misturar. Deixe esfriando.

Em um processador coloque as avelãs e o óleo de canola e bata até que se forme um creme.
Adicione o açúcar, o extrato de baunilha, o sal e o chocolate e bata um pouco mais. Por fim, adicione o chocolate derretido até que ele seja incorporado e pronto! Você tem Nutella na sua casa.

Nutella Caseira

Nutella Caseira

Nutella Caseira

Dica:
Nutella Caseira

Caso você não encontre avelãs sem pele, é só levar elas para ferver em 1 litro de água junto com 4 colheres de sopa de bicarbonato de sódio por 4 minutos. Isso facilitará seu trabalho de retirar as peles, mas ainda será um pouquinho chato.

Para começar: Buttercream

Eu sei que esse nome não é muito comum no Brasil.
Afinal, o que é um creme de manteiga, não é mesmo?

Mas foi conhecendo a confeitaria americana que me apaixonei pelas mágicas coberturas de bolo que eles fazem. Coberturas que vão além de caldas de chocolate ou pasta americana (vejam bem, não que isso seja ruim é claro), que deixam todo bolo parecendo um sonho diretamente saído de uma fotografia linda.

Buttercream

E a melhor parte? São fáceis de fazer.
Resolvi começar pelo tradicional do tradicional, pelo tão famoso Buttercream. Que além de ser exatamente o que diz o nome, é um pedacinho de nuvem trazido para sua boca.

ButtercreamIngredientes:
– 200g de manteiga
– 6 a 8 xícaras de açúcar de confeiteiro
– 2 colheres de sopa de leite

Para começar, lembram do post da diferença de açúcar pra açúcar de confeiteiro? (Se você clicar aqui a gente te lembra) Lá tem a razão pela qual você deveria usar açúcar de confeiteiro nessa receita, mas caso você não tenha em casa, eu digo: vai ficar bom com o outro também.

Tenha todos os ingredientes em temperatura ambiente. Principalmente a manteiga, que deve estar bem molinha. Coloque-a para bater na batedeira até formar um creme mais claro, homogêneo.

Quando ele estiver amarelo clarinho, vá adicionando o açúcar, sem medo. Adicione uma xícara por vez e deixe que ela seja incorporada para colocar a outra.
Depois que tiver colocado todas (comece por 6) é só deixar ele batendo bem. Um creme branco e bem fofinho será formado, bem como o que você imagina que seja uma nuvem.
Por fim, adicione as colheres de leite. Elas servem para dar uma liga maior e deixar o creme com uma textura mais única. Bata até que elas sejam incorporadas e, pronto.

Ah, vale dizer aqui que praticamente todos os problemas aparentes que um Buttercream pode ter são resolvidos com mais tempo na batedeira. Na dúvida, deixe bater mais e mais até que se forme um creme lindo e branco. Bater na batedeira é a chave para um bom Buttercream. Tenha isso em mente.

Buttercream

Buttercream