Frittata Carnavalesca

Eu sei, essa época do ano, no meio do feriado, pode ser difícil parar para fazer alguma comida. Estou falando de você aí saindo pra curtir os blocos e ficar bebado (e não de você que está em casa com preguiça, afinal, é nessas horas que deveríamos cozinhar mais e mais!). Mas é por isso que eu estou aqui, não é?

Como foliã nata do Carnaval Carioca, sei quanto a gente precisa comer pra sobreviver a todos esses dias de alegria. Sei como pode ser um desafio acordar as 7 da manhã para ir a um bloco e já precisar abrir uma latinha de cerveja. Sei também como é bom chegar em casa à noite e comer uma comida gostosa pra viver. Mas nada muito dificil, por favor.

Por isso apresentamos a vocês nossa segunda versão de Frittata. Que vai te fazer mais feliz nesse final de Carnaval.

Continuar a ler

Anúncios

Melhor Queijo Quente do Mundo

É bem verdade que eu sou um pouco suspeita para falar de queijo quente. Sou tão viciada nessa belezinha que qualquer pão com qualquer, absolutamente qualquer, queijo fica uma delicia. Se tiver manteiga ou azeite então, melhor ainda. Não é à toa que quando trabalho com comida de rua, sempre que posso escolho servir queijo quente.

Mas é claro que, ao contrário do que muitos pensam, não é só pão e queijo. Tenho que dizer que me apaixonei por pensar em combinações de legumes, sabores e queijos para formar um sanduíche de alegria e esse é um dos melhores. Olhando assim essa receita pode parecer que ela é muito muito simples. E ela é. Só que é simples e tão deliciosa com os queijos no meio que não tem como não querer sempre mais um.

Uma deliciosa combinação de gruyére e mussarela bem derretidos que envolvem o pimentão tostado na chapa e ainda um picles de jalapeño bem, bem curado. Te convenci? Vem logo aprender.

Continuar a ler

Pad Thai

Há algum tempo venho me prometendo (e prometendo ao Felipe) que chegaria o dia em que eu tentaria fazer Pad Thai. Nunca pesquisei muito sobre ele, mas de tanto ouvir falar estava com uma vontade de comer inexplicável. A verdade é que mesmo depois de ler as receitas eu pensava que seria algo parecido com a vibe do Yakissoba. Mas eu me enganei. É totalmente diferente e incrivelmente delicioso.

O processo de criação de todas as receitas que faço costuma ser rápido, é como se eu tivesse a ideia, procurasse receitas base em livros ou na internet e criasse em cima disso, de acordo com a minha ideia original, mas dessa vez foi um pouco diferente. Sempre que vou fazer pratos clássicos de algum lugar é assim.

Minha ideia era fazer o tradicional mesmo, mas quando vi que seria impossível achar os ingredientes fora de São Paulo (abençoada seja a Liberdade e toda a sua variedade de produtos do outro lado do mundo), percebi que teria que adaptar. Então, vejam bem, assim surgiu a minha versão do Pad Thai tradicional que, apesar de ter uma semelhança, no final das contas ficou bem diferente.

Continuar a ler

Galette de Pimentão

Nos últimos dias eu tomei vergonha na cara de decidi que era hora de voltar a fazer pesquisas de receitas mais do que iradas pra fazer e testar e me tornar uma cozinheira melhor. E é ai que eu comecei a ler meus livros de receitas, ver revistas de gastronomia e procurar em lindos e maravilhosos blogs mais e mais inspirações do que criar.

E como vocês bem sabem eu tenho um amor especial e único por massas em geral. Mas, pra ser sincera, todas as massas com manteiga francesas sempre me encantaram e me assustaram um pouco. Como eu sempre morei em um lugar quente e úmido (aka Rio de Janeiro), acabava ficando extremamente complicado fazer e acertar.

Aproveitando minha mudança para a cidade da garoa que não chove tem 5 meses, decidi tentar fazer alguma delas. Claro, não poderia começar por massa folhada porque eu acho que se eu tenho medo (saco) de fazer, imagina o resto do universo.

Foi durante minhas pesquisas que achei essa maravilhosa massa e manteiga que, para minha surpresa e alegria satisfez meus desejos e derrete na boca e até desfolha, como uma massa folhada. Na verdade o recheio pode ser qualquer coisa que vocês quiserem que seja (inclusive coisas doces). Eu escolhi esse porque achei que combinaria pra minha vibe no dia.

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)

Ingredientes da Massa:
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 200g de manteiga gelada
– 1/2 xícara de água gelada
– 1 pitada de sal (ou açúcar se seu recheio for doce)

Para começar, coloque a farinha e o sal em uma tigela. Corte a manteiga gelada em cubos, coloque na farinha e, com a ponta dos dedos, vá desfazendo até que vire uma farofinha. É importante usar a ponta dos dedos porque a palma da nossa mão é muito quente e vai acabar derretendo a manteiga.

Depois disso, adicione a água e mexa só até formar uma massa, sem se preocupar muito se a massa está ou não homogênea. Achate a massa e enrole em papel filme. Leve para a geladeira por, pelo menos, 3 horas.

Na verdade dá pra deixar só 30 minutos a massa na geladeira, mas quanto mais tempo ela ficar, mais fofinha no final. Ah, se quiser fazer e deixar guardado, ela dura 1 semana!

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)

Ingredientes do recheio:
– 1 pimentão vermelho
– 100g de azeitonas pretas
– 50g de mussarela de bufala
– Punhado de Salsinha
– Sal a gosto

Corte o pimentão em tiras finas e corte as azeitonas, tirando o caroço. Rasgue a mussarela de búfala com as mãos na hora de colocá-la na Galette.

Quando a massa já estiver gelada, tire ela do plástico filme e com a ajuda de um rolo de massa (ou uma garrafa de cerveja vazia como se faz no free style aqui em casa) abra até que ela fique com 0.5 centímetros de espessura – o que quer dizer bem fininho. Ah, também não tem muitas regras em relação ao formato e nem às bordinhas, é só abrir de forma que caiba o recheio dentro.

Não esquece de enfarinhar a mesa antes de começar! Se precisar, vá colocando mais farinha sobre a massa conforme for abrindo, pra ela não grudar.

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)

Transfira a massa já aberta para uma assadeira e coloque o pimentão e a azeitona no centro. Dobre as bordas por cima do recheio, deixando o meio sem tampa para aparecer. Leve em forno pré-aquecido a 200 graus até que a massa fique douradinha por cima.

Antes de levar ao forno eu pincelei gema de ovo por cima, o que é totalmente opcional mas deixa a massa mais bonita e dourada. Se você quiser fazer, é só misturar uma gema com um pouquinho de água, bater com um garfo e passar por cima das bordas.

Quando sair do forno corte e coma ainda bem quentinho. Essa receita serve 2 a 3 pessoas!

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)

Galette de Pimentão e Azeitonas (Massa de Manteiga)