Pão Trançado

Uma receita cheinha de amor. Não, vocês nem precisariam saber qual é, só precisam mesmo é saber que pães sempre são, de alguma forma, amor à primeira vista para mim. Nesse caso foi justamente isso. Quando convidei o Vitor pra aparecer por aqui, disse a ele o de costume “o convidado é quem escolhe a receita” e adicionei “a coisa que mais amo fazer na vida são pães”.

Em seguida veio ele com uma foto desse pão que ele tinha feito na casa dele. Um pão tão lindo e charmoso que ganhou meu coração de primeira. E foi assim que decidimos que a gente ia fazer isso mesmo. Numa versão doce e uma salgada, todas muito deliciosas.

Só peço que, por favor, você não se assuste com a bagunça que faremos e com as besteiras que falamos. Foca na receita que é linda e que no final fica tão gostosa que dá vontade de chorar.

Pão Trança

Ingredientes da Massa:
– 400ml de água morna
– 10g de fermento biológico seco
– 720g de farinha de trigo
– 60g de açúcar cristal
– 2 ovos batido
– 1 pitada de sal

ATENÇÃO: essa receita não é minha, ela é do Vitor, lá do Prato Fundo e isso deveria te explicar porque as medidas são tão lindas e precisas já que eu faço tudo no olho. Os recheios foram criados por mim, então chega de falar e vamos começar.

Em uma tigela, coloque a água, o fermento e metade do açúcar. Mexa e deixe descansar por 15 minutos, até que o fermento seja ativado (vão ter bolhas e espuma à vista).

Adicione 1 ovo, o restante do açúcar e mexa. Em seguida, vá colocando a farinha aos poucos, até que se forme uma massa que desgrude das mãos. Sove a massa por uns 10 minutos e depois deixe crescer por mais ou menos 20 minutos, até que dobre de tamanho.

Pão Trança

Ingredientes do Recheio Salgado:
– 150g de tomate cereja
– 1/2 cebola roxa
– 20 folhas de manjericão fresco

Ingredientes do Recheio Doce:
– 150g de ricotta fresca
– 2 colheres de sopa de mel

Quando a massa estiver descansado, volte a sovar, divida no meio (metade para o pão doce e metade para o salgado) e abra em um retângulo. É importante que seja realmente um retângulo com um lado bem mais comprido que o outro. Coloque o recheio na massa aberta e enrole, como se fôssemos fazer um rocambole.

Feito isso, feche as pontas do rolinho e corte-o em três tiras, também de comprido. Aqui é a parte em que eu digo que vai sujar porque o recheio vai começar a sair para os lados. Com cuidado, comece a trançar o pão, igual faz trança em meninas mesmo.

Pão Trança

Coloque numa assadeira e pincele com o outro ovo batido. Deixe descansar por mais 20 minutos e leve em forno pré-aquecido a 200 graus até que eles fiquem dourados por cima!

Essa receita rende 2 pães trança que podem alimentar até 4 pessoas tranquilamente.

Pão Trança

Pão Trança

Pão Trança

Pão Trança

Pão Trança

 

Anúncios

Para começar: Pesto

Eu sei, esta receita deveria ter sido publicada ontem. Mas é tanta comida pra comer no dia 25 que seria até meio confuso pra mim e pra vocês ver essa delícia e não poder fazer muita coisa com ela.

Molho pesto é, sem dúvida, uma das bases da cozinha italiana e também é um dos meus molhos preferidos. Você poderá usá-lo em massas, sanduíches, torradinhas, pães e em basicamente tudo que te der vontade. 

Molho Pesto

Pode ser que você esteja duvidando de mim agora, mas amanhã, quando você vir a receita de Raviolli que vou postar, você vai entender que seu Ano Novo ficará muito melhor com esse molho e a massa.

Molho Pesto

Ingredientes:
– 1 ramo de manjericão
– 100g de queijo parmesão ralado
– 4 nozes
– 1 dente de alho
– Azeite (muito azeite)
– Sal a gosto

Não tem mistério nenhum nesta receita.
Para começar, bata em um liquidificador ou processador o dente de alho com uma pitada de sal, até que ele esteja bem triturado. Em seguida, adicione as nozes até que elas também estejam bem despedaçadas.

Comece a colocar as folhas de manjericão, alternando com o azeite, e bata bem, até que se forme um creme verde. Por fim, coloque o queijo parmesão e mais azeite para que não fique muito grosso. 

Experimente e adicione sal conforme seu próprio gosto.

Molho Pesto

Molho Pesto

Molho Pesto

Grissinis de Parmesão

É, eu sei, tinha prometido que ia postar essa receita no sábado pra vocês prepararem no fim de semana e arrebentarem os corações de todos que comessem, mas me enrolei, fiquei passeando pelo Rio e não tive tempo de postar. Mas cá estou eu tentando me redimir. Prometo que vai ficar delicioso e que vocês não vão ter do que reclamar!

grissini4WEB
Ingredientes:
– 1 tablete de fermento fresco
– 1 colher de sopa de açúcar
– 1 xícara de água
– 3 1/2 xícaras de farinha (na verdade é até pegar o ponto viu?)
– 1 colher de sopa de sal
– 300g de parmesão ralado grosso

Coloque a água em uma bacia, junte o açúcar, o fermento e meia xícara de farinha e faça uma papinha. Olha, aqui vale dizer que a maioria das receitas diz pra usar água morna, mas faço pão em casa desde criança com água fria e segui o padrão, fica mais ou menos desse jeito aqui:
grissini1WEBÉ um pouco gosmento, mas confia em mim que tudo vai dar certo no final, ok? Deixe descansar por 20 minutos, é importante não ter pressa porque o fermento precisa entrar em ação.
Junte o resto da farinha, o sal e o queijo parmesão e, como diria minha mãe, pense em coisas boas e deixa suas energias passarem pra massa. Ou seja, sove a massa, amacie ela, ame-a, faça bastante força, trabalhe a massa que você criou como se ela fosse uma pequena delicia porque ela será. Faça isso por uns 15 minutos (não, não é exagero, a massa precisa respirar) e depois que chegar no ponto daqui de baixo enrole no papel filme e deixe descansar por, no mínimo, 20 minutos.
grissini2WEBFelizmente, porém, você pode deixar essa massa dormir na geladeira até (testei fazer isso porque fiquei com preguiça de enrolar todos) e deixar pra enrolar no dia seguinte.
Agora é hora de ligar o forno em 200 graus pra pré aquecer!
Depois desse tempo, tire da geladeira e, separando a massa em bolinhas, abra cada uma até que fiquem finas. Com a ajuda de uma faquinha de serra (não precisa ser nada demais), corte as tirinhas e torça um pouquinho pra elas ficarem bem lindas, tipo as da foto aqui em baixo. Se quiser, pode colocar mais queijo por cima, garanto que vai ficar bom.
grissini3WEBNão adianta nada eu inventar pra vocês um tempo que ele fica no forno ne? As receitas que eu vi diziam 10/20 minutos e os meus ficaram 40, então pra você ver só. O grande lance do grissini é ele ficar crocante e douradinho, então vai cuidando dele no forno até que ele fique assim. Te garanto que menos de 10 minutos não vai ser e que dificilmente vai passar de 1 horas de forno.
Agora, sério, olha como eles são lindos prontos, não vem dizer que dá trabalho não viu?
grissini5WEBVai correndo fazer pra comer sozinho já que hoje é segunda-feira e eu acabei de acabar com a dieta de vocês.
Qualquer dúvida, só falar!