Cookies de M&M’s

Eu sempre quis deixar o nosso canal mais fofo. Mas nunca soube como. Eu sou completamente da zoeira e, portanto, isso sempre dificultou as coisas. Mas desde que vi pela primeira vez a Sarinha soube que ela seria a responsável por fazerem vocês soltarem “AWWWWW” enquanto nos assistem. E depois enquanto vão assisti-la.

Mas quando você recebe uma menininha de 4 anos na sua casa a verdade é que não dá pra saber o que esperar. E eu estava mais nervosa do que ela. Tirei da manga uma receita de cookies de m&m’s porque me lembrei que quando era criança teria adorado comer algo assim e torci pra ela gostar de mim. Porque vai que ela chegava e não ia com a minha cara, né? Crianças são assim, sempre tão lindas e sinceras.

Ela chegou aqui e já tinha ganhado meu coração porque queria apertar nossas gatinhas. E me deu um presentinho e, de repente, me chamou pra pintar os desenhos dela com ela. Não vou mentir que em alguns momentos ficou tudo um pequeno caos, mas nada que não foi controlado pela Taís (a mãe da Sarah, caso vocês queiram saber).

E o resultado é essa fofura que vocês podem ver agora. Se apaixonem por cada gulodice e cada besteira que a gente fez. E se encantem porque encontrar uma princesinha assim que cozinha aos 4 anos (e tem um canal no Youtube), não é todo dia!

Cookies de M&M's

Ingredientes:
– 1/2 xícara de manteiga sem sal
– 140g de chocolate meio amargo
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 3 colheres de sopa de cacau em pó
– 1 colher de chá de fermento quimico
– 1/2 xícara de açúcar mascavo
– 1/4 de xícara de açúcar cristal
– 2 ovos
– 1 colher de chá de essência de baunilha
– 340g de m&m’s de chocolate

Comece derretendo a manteiga e o chocolate em uma panelinha. Se preferir, faça um banho-maria para evitar que queime. Separe e deixe esfriar.

Em um pote coloque a farinha, o cacau e o fermento para que fiquem bem misturadinhos. Bata na batedeira os ovos, o açúcar e a essência de baunilha até ficar cremoso.

Adicione a mistura de manteiga e chocolate e continue a bater até misturar tudo. Desligue a batedeira e coloque os secos, misturando até ficar homogêneo.

Adicione os M&M’s e misture novamente. Com a ajuda de uma colher, coloque uma porção grande da massa em assadeiras cobertas com papel manteiga.

Leve ao forno pré-aquecido a 200 graus até que eles estejam durinhos, mais ou menos 20 minutos. Essa receita rende de 12 a 15 cookies.

Cookies de M&M's Cookies de M&M's Cookies de M&M's

Anúncios

Chili de Quinoa

Ultimamente tenho realizado muitos desejos culinários do Felipe. É incrível mas descobri que todos esses desejos também eram meus e eu não sabia. Não é fofo? Ou talvez eu só goste muito MUITO de comer qualquer coisa que fique deliciosa (e se você não gosta, provavelmente nem deveria estar lendo isso)!

A ideia desse post surgiu porque um amigo meu me disse que nunca tinha comido um chilli bom e cremoso aqui, só viajando. Ou algo mais ou menos assim. O que importa é que, bem, eu adoro um desafio e no fundo no fundo eu acho que minha cara diz isso pra todas as pessoas que passam por mim.

E com esse chilli não foi diferente. Aceitei o desafio e diria até que o superei, já que consegui fazer um belissimo chilli VE GA NO. Obrigada a todos os envolvidos, aos ingredientes e principalmente ao fogão porque às vezes é realmente necessário deixar algo cozinhando por 3 horas.

Chili de Quinoa (Vegano)

Ingredientes:
– 400g de feijão marrom cozido
– 1/2 xícara de quinoa
– 4 tomates
– 1 lata de tomate sem pele
– 1 cebola
2 pimentas jalapeño em conserva (receita aqui!)
– 2 dentes de alho
– 1 colher de sopa de cacau em pó
– 1 colher de chá de mel
– 1 colher de chá de páprica
– 1/2 colher de chá de cominho
– 1 pitada de sal
– 1 colher de chá de molho de pimenta

Comece cortando a cebola em cubinhos e os dentes de alho bem picadinhos. Corte também os tomates, com as polpas, e reserve.

Aqueça uma panela com óleo e refogue a cebola e o alho. Em seguida, adicione os tomates e deixe refogar por 2 minutos. Coloque a lata de tomate sem pele e mais uma vez a quantidade dela de água. Enquanto essa mistura aquece, corte as pimentas jalapeño até quase formarem uma pastinha.

Adicione à panela a quinoa e o feijão e mexa bem. Coloque o cacau em pó, o mel, a páprica, o cominho e o molho de pimenta. Mexa e adicione a pimenta e o sal, mexa novamente.

O cacau é usado, nesse caso, para dar cor ao chili e evitar que ele fique ácido demais (também é trabalho do mel fazer isso!).

Tampe a panela e deixe cozinhar por 15 minutos. Volte e complete com mais 300ml de água. Tampe e deixe cozinhar por 3 horas, mexendo de vez em quando. Se a sua panela, assim como a nossa, for de inox, você vai precisar ficar de olho porque a tendência é que a quinoa e o feijão desçam e grudem no fundo, então é necessário ficar mexendo.

Aqui em casa deixamos ela ligada até começar a ferver, mexendo sempre, assim que isso acontecia, desligávamos e tampávamos e deixamos quieto por 10 minutos. Fizemos isso muitas vezes. Se sua panela tiver antiaderente será bem mais tranquilo.

Essa receita rende muito MUITO chili. E se você quiser saber como comer é só clicar aqui pra aprender a fazer umas tortillas lindas e maravilhosa.

Chili de Quinoa (Vegano) Chili de Quinoa (Vegano) Chili de Quinoa (Vegano)

Melhor Queijo Quente do Mundo

É bem verdade que eu sou um pouco suspeita para falar de queijo quente. Sou tão viciada nessa belezinha que qualquer pão com qualquer, absolutamente qualquer, queijo fica uma delicia. Se tiver manteiga ou azeite então, melhor ainda. Não é à toa que quando trabalho com comida de rua, sempre que posso escolho servir queijo quente.

Mas é claro que, ao contrário do que muitos pensam, não é só pão e queijo. Tenho que dizer que me apaixonei por pensar em combinações de legumes, sabores e queijos para formar um sanduíche de alegria e esse é um dos melhores. Olhando assim essa receita pode parecer que ela é muito muito simples. E ela é. Só que é simples e tão deliciosa com os queijos no meio que não tem como não querer sempre mais um.

Uma deliciosa combinação de gruyére e mussarela bem derretidos que envolvem o pimentão tostado na chapa e ainda um picles de jalapeño bem, bem curado. Te convenci? Vem logo aprender.

Continuar a ler

Pão de Hambúrguer

Achei que já era hora de ensinar essa receita aqui. Também acho que já passou do tempo de voltar a postar receitas básicas. Tá certo, você pode me dizer que fazer pão de hambúrguer não é ~básico~ mas pra mim é essencial saber fazer um bom pão pra cada ocasião. E tudo se explicará na quarta-feira. Sério, confia em mim.

Já testei algumas receitas de pão de hambúrguer desde que decidi que amava hambúrguer e fazê-los em casa. Afinal, não é tão fácil assim achar bons pães. Normalmente aqueles de mercado molham com o suco da carne, se desfazem e deixam todo mundo triste. Mas não esse.

Gosto de acreditar que essa é uma receita clássica, digamos, porque é literalmente só o pão. Não é um pão de batata nem nada assim. Eu vi a original aqui e fiz beeeem parecido com ela. Então, mão à obra!

Como fazer pão de hambúrguer

Continuar a ler

Tortilla de Picnic

Verão, calor, férias, amigos, sorvete, saladas, água, árvores, parques, lagoas e picnic. A gente realmente acredita que essa seja a melhor definição que pode existir de verão. Pera, isso é claro porque estou sendo romântica mas deixa assim mesmo porque tá bonito.

Eu sempre quis fazer tortillas e sempre tive muito medo delas. Achava que ia ser super dificil, complexo e desafiador e por isso fiquei enrolando, mas isso acabou. Desmistifiquei o mito de que elas são todo esse terror. Na verdade essas belezinhas são tão fáceis de fazer que dá vontade de ter sempre em casa. E talvez eu e você devêssemos fazer isso realmente.

Pra completar como nunca é suficiente, por que não recheá-la com uma maionese de batata? Mas não qualquer maionese, isso não. A melhor maionese de toda a sua vida e que vai te dar vontade de comer até explodir e ser feliz. É uma boa ideia pra pegar sua cesta de picnic (se não tiver um potinho de plástico também vai servir), embrulhar aquele suco (ou se preferir também pode ser champagne, cerveja, vinho, etc) e ir para o parque juntar seus amigos – longe da praia que está lotada e tendo arrastão e raios – e se divertir!

Continuar a ler

Muffins Natalinos

Coloca a música de Natal pra tocar. Vai, anda logo, monta a árvore e enche de luzinha e bolas vermelhas que reflitam bastante a sua sala iluminada à meia luz durante a ceia. Aproveita e tira umas fotos hipsters da árvore. Ah, e também compra uma estrela bem bonita pra colocar lá no topo. É sério, vai fazer isso, já é dezembro e a gente já vai até começar a ensinar receitas maravilhosas pra você.

Para para para! Na verdade eu não tenho árvore de Natal, não tenho luzinha e nem bolas vermelhas (até porque minhas gatas destruiriam as três coisas). Essa data pra mim só me remete a uma coisa: muita muita MUITA comida. Comer até passar mal, cozinhar pra 347 pessoas mesmo que sua família só tenha 4, comer no dia seguinte também. E esperar o Ano Novo pra comer mais. Se esse é o espírito que tanto falam? Não sei, mas é uma das poucas coisas em que eu acredito e essa data prova isso: a comida é o que reuni e sempre reuniu as pessoas.

A ideia que tivemos pra esse ano – que, aliás é o primeiro ano com o blog já bem organizado e com um especial 100% planejado e lindo – foi melhorar as receitas que sempre comemos na ceia aqui no Brasil e que a gente sabe, de alguma forma, que podiam ser melhores. E às vezes até mais fáceis. Bem, se não mais fáceis, mais divertidas.

A única receita que difere dessa ideia é a de hoje. A de abertura. Porque ela é um presente pra alguém. Então vem assistir e entender e aprender a fazer os muffins da manhã de Natal americana.

Continuar a ler

Moon Pies

Ah, a maravilhosa vida dos doces americanos. Se tem uma coisa que esse povo sabe fazer é doce. Na verdade verdadeira, eu acho que eles têm umas das cozinhas mais iradas no mundo inteiro, mas isso é papo pra outro post.

O que importa é que está chegando as ~festas de final de ano~ e lá a temporada é aberta com o Thanksgiving. Como nunca fui a um, não conheço ninguém que possa me contar detalhamente quão delicioso é o peru feito (afinal o Felipe é vegetariano, apesar de já ter passado uma temporada lá), escolhi fazer uma receita linda, charmosa e deliciosa para homenagear este dia tão lindo.

Moon Pies, ou tortinhas da lua – que nome mais lindo ❤ – são docinhos tipicos do Sul dos Estados Unidos e as crianças comem muitos, que são vendidos em muitas lojas. A ideia aqui foi fazer uma versão caseira deles para alegrar todo mundo. Digamos que elas são versão americana do alfajor, recheadas de marshmallow e cobertas de chocolate. Tem como dar errado? Não, não tem.

Continuar a ler