Patatas Bravas ao Murro

O Felipe estava, há algum tempo, me pedindo para fazer batatas ao murro, que nada mais é do que cozinhar as batatas e amassá-las inteirinhas com o punho pro molho entrar melhor.
Eu estava, há algum tempo, querendo comer as tão famosas patatas bravas por causa do molho apimentado que sempre me pareceu uma delicia e me encantou porque não sabia como fazê-lo.

Pronto, juntamos as duas coisas e fizemos um prato, digamos assim, Ibérico pra alegrar todo mundo que gosta de molhinho e de batata. E quem não gosta né?

Patatas Bravas ao Murro

Ingredientes:
– 10 batatas pequenas
– 1 colher de sopa de molho apimentado (Sriracha)
– 2/3 de copo de molho de tomate
– 2/3 copo de maionese
– 1 colher de chá de páprica picante
– 1/2 cebola roxa
– 2 dentes de alho
– Óleo para fritar

Para começar, coloque as batatas lavadas em uma panela coberta de água e leve para cozinhar. Deixe que cozinhem até que um garfo entre sem resistência, mas sem que elas desmontem.

Enquanto isso, pique o alho bem pequeno e a metade da cebola roxa em cubinhos. Em uma panela, refogue o alho e a cebola e acrescente a Sriracha e a páprica. Em seguida, coloque o molho de tomate e deixe ferver por 1 minuto. Reserve e deixe esfriar.

Escorra as batatas e esfrie em água corrente para que parem de cozinhar. Seque bem e comece a pressioná-las com o punho para que quebrem levemente. Faça isso com todas elas.

Enquanto isso, esquente uma panela com óleo para fritar as batatas.

Quando o molho de tomate tiver esfriado, incorpore a maionese e acerte o sal, se precisar.

Frite as batatas inteiras no óleo até ficarem bem douradinhas. Depois que tiver feito isso com todas, é só colocar elas no molho, cobrir bem e colocar no lugar que você vai servir.

Eu juro, esse foi um dos melhores pratos dos últimos tempos. É muito muito delicioso e serve como aperitivo ou acompanhamento para 4 pessoas!

Patatas Bravas ao Murro

Patatas Bravas ao Murro

Patatas Bravas ao Murro

Anúncios

Omelete

Pode ser que você pense que todas as receitas de segunda são nosso almoço de domingo, mas isso quase nunca é verdade. Só que dessa vez, acordamos ontem com vontade de comer omelete e pensamos que essa poderia ser a receita de hoje.

Afinal, quem não ama omelete, não é?
A menos que você seja uma dessas pessoas que não gosta de ovos (e se for por favor me explica porquê você não gosta já que isso é um grande mistério pra mim).

Vamos lá que já é hora de almoçar de novo e um omelete até que cairia bem.

Omelete

Ingredientes:
– 2 ovos
– 1 colher de sopa de água
– Sal e pimenta do reino a gosto

Primeiro quebre os dois ovos em uma tigela, coloque a água e bata com um garfo até ficar homogêneo. Tempere com sal e pimenta e misture mais uma vez.

Esquente uma frigideira grande (é sério ela tem q estar realmente quente) e coloque a mistura de ovos nela.

Espere que eles tenham fritado um pouco para adicionar o recheio que quiser. Ele deve ser colocado só em uma das metades do disco de omelete.
Nós colocamos queijo prato, blanquet e ervilhas, mas você pode realmente colocar qualquer coisa que queira.

Dobre o omelete, fechando-o e espere o recheio derreter. Coma rápido porque quanto mais quente melhor!

Omelete

Omelete

Omelete

Para começar: Batatas Fritas

Ah, o mistério por trás das batatas fritas. Quando eu era criança ficava olhando minha avó fazer e ficava pensando como pode uma coisa tão crua ficar tão deliciosa?
E ai eu cresci e comecei a ter medo do óleo quente. Mas, na verdade, medo do óleo é bobagem quando o resultado é uma batata frita.

Batatas Fritas

Ainda mais se for pra curar ressaca. Ainda mais se for pro carnaval.

Batatas Fritas

Ingredientes:
– Batata Inglesa
– Óleo para fritar

Claro que eu vou ensinar alguns truques para a sua batata ficar ainda mais fantástica e deliciosa já que pode parecer uma coisa mt trivial.

Comece cortando as batatas. Eu gosto (ou o Felipe gosta) de deixá-las com casca, então faça isso em casa você também porque deixa ela mais rústica e gourmet e é mais fácil.
No nosso caso aqui eu cortei ela em 8 partes, mas você pode cortar mais fino ou mais grosso, como preferir.

Conforme for cortando, coloque os pedaços em água para não ficarem pretos e tempere a água com sal e pimenta. Leve para a geladeira por pelo menos 30 minutos antes de fritar. Quanto mais geladas elas ficarem, maior será o choque com o óleo e mais chance de formar aquela casquinha deliciosa.

Por fim, aqueça o óleo e deixe que fritem até dourarem.
As nossas levaram uma eternidade porque eram muito grandes, foi em torno de 20 minutos pra cada leva, mas quanto mais fino, mais rápido elas vão fritar.

Vai dar batata pra caramba e você ainda pode fazer uma maionese pra impressionar a galera. Clica aqui pra ver nossa receita!

Batatas Fritas

Batatas Fritas

Batatas Fritas

Ps: O vídeo dessa semana irá ao ar amanhã pois é um drink de carnaval e a folia para nós foliões começa na sexta já com esse drink prontinho.

Bolinho de Arroz

Essa receita não tem como dar errado. Sério, é simplesmente impossível. Mesmo que minha baby gata viesse aqui e digitasse pra vocês a receita na língua dos gatos vocês ainda assim acertariam.

Bolinho de Arroz

Desde criança eu simplesmente amo bolinho de arroz. Minha avó faz, provavelmente, o melhor do mundo. E dai que eu precisava aprender a fazer. Então lá fui eu misturar a receita da minha vó com a receita da Dona Benta para criar a minha própria e poder ensinar a vocês.

E pra quem não gosta ou acha que não gosta de bolinho de arroz, espere: esse vai mudar a sua opinião.

Bolinho de Arroz

Ingredientes:
– 2 xícaras de arroz pronto
– 1/2 xícara de leite
– 2 ovos
– 4 colheres de sopa de farinha de trigo
– 5 colheres de sopa de parmesão ralado
– 150g de mussarela
– 1 colher de café de fermento
– 1 colher de sopa de salsinha
– Sal e pimenta do reino
– Óleo para fritar

Para começar leve o arroz e o leite ao fogo em uma pequena panela. O importante é que o arroz absorva toda a água para ficar mais molinho.

Depois que isso esfriar, coloque em um pote todos os ingredientes menos a farinha e o fermento. Misture bem para depois adicionar os últimos dois ingredientes.
A massa estará boa quando você conseguir fazer um formato com uma colher então se no final das contas ficar mole, é preciso adicionar mais farinha pra dar liga.

Aqueça o óleo em uma frigideira funda e com a ajuda de duas colheres faça os bolinhos e vá jogando aos poucos. Frite até que fiquem dourados.
Aqui vai uma dica: se você ficar em dúvida se já está dourado o suficiente ou não, tire da frigideira. Depois que ele sair ele vai continuar fritando por causa do calor e o bolinho ainda doura um pouco mais.

Ah, a boa é usar arroz que está sobrando na geladeira porque fazer arroz só pra comer bolinho fica realmente difícil (a menos que você esteja com desejo claro).
Essa receita rende mais ou menos uns 30 bolinhos médios.

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz