Ovos ao Forno

Estamos aqui de volta como bons amantes de ovos que somos. A verdade é que talvez o quanto gostamos de ovo por aqui seja até um caso a ser estudado.

Mas esse amor todo me levou à começar a testar diversas coisas com ovos (sem ser bolos tá? que bolo não conta porque não tem gosto de ovo e nem o ovinho bonitinho lá, amarelinho e te seduzindo). Essa foi feita no dia 01 de janeiro de 2015. Sim, depois da noite de Ano Novo foi a primeira coisa que cozinhei, com todo amor e carinho, para meu amado que vocês já estão cansados de conhecer.

Foi aprimorando a primeira receita que fiz no ano que cheguei a esta que hoje lhes apresento. E se eu fosse você eu faria hoje ainda ou amanhã de manhã pra curar aquela ressaca braba que eu sei que vai te alcançar em algum momento da sua vida. Lembre-se de mim. E da receita, porque ela é sempre mais importante.

Continuar a ler

Anúncios

Chili de Quinoa

Ultimamente tenho realizado muitos desejos culinários do Felipe. É incrível mas descobri que todos esses desejos também eram meus e eu não sabia. Não é fofo? Ou talvez eu só goste muito MUITO de comer qualquer coisa que fique deliciosa (e se você não gosta, provavelmente nem deveria estar lendo isso)!

A ideia desse post surgiu porque um amigo meu me disse que nunca tinha comido um chilli bom e cremoso aqui, só viajando. Ou algo mais ou menos assim. O que importa é que, bem, eu adoro um desafio e no fundo no fundo eu acho que minha cara diz isso pra todas as pessoas que passam por mim.

E com esse chilli não foi diferente. Aceitei o desafio e diria até que o superei, já que consegui fazer um belissimo chilli VE GA NO. Obrigada a todos os envolvidos, aos ingredientes e principalmente ao fogão porque às vezes é realmente necessário deixar algo cozinhando por 3 horas.

Chili de Quinoa (Vegano)

Ingredientes:
– 400g de feijão marrom cozido
– 1/2 xícara de quinoa
– 4 tomates
– 1 lata de tomate sem pele
– 1 cebola
2 pimentas jalapeño em conserva (receita aqui!)
– 2 dentes de alho
– 1 colher de sopa de cacau em pó
– 1 colher de chá de mel
– 1 colher de chá de páprica
– 1/2 colher de chá de cominho
– 1 pitada de sal
– 1 colher de chá de molho de pimenta

Comece cortando a cebola em cubinhos e os dentes de alho bem picadinhos. Corte também os tomates, com as polpas, e reserve.

Aqueça uma panela com óleo e refogue a cebola e o alho. Em seguida, adicione os tomates e deixe refogar por 2 minutos. Coloque a lata de tomate sem pele e mais uma vez a quantidade dela de água. Enquanto essa mistura aquece, corte as pimentas jalapeño até quase formarem uma pastinha.

Adicione à panela a quinoa e o feijão e mexa bem. Coloque o cacau em pó, o mel, a páprica, o cominho e o molho de pimenta. Mexa e adicione a pimenta e o sal, mexa novamente.

O cacau é usado, nesse caso, para dar cor ao chili e evitar que ele fique ácido demais (também é trabalho do mel fazer isso!).

Tampe a panela e deixe cozinhar por 15 minutos. Volte e complete com mais 300ml de água. Tampe e deixe cozinhar por 3 horas, mexendo de vez em quando. Se a sua panela, assim como a nossa, for de inox, você vai precisar ficar de olho porque a tendência é que a quinoa e o feijão desçam e grudem no fundo, então é necessário ficar mexendo.

Aqui em casa deixamos ela ligada até começar a ferver, mexendo sempre, assim que isso acontecia, desligávamos e tampávamos e deixamos quieto por 10 minutos. Fizemos isso muitas vezes. Se sua panela tiver antiaderente será bem mais tranquilo.

Essa receita rende muito MUITO chili. E se você quiser saber como comer é só clicar aqui pra aprender a fazer umas tortillas lindas e maravilhosa.

Chili de Quinoa (Vegano) Chili de Quinoa (Vegano) Chili de Quinoa (Vegano)

Pastinhas para Receber Amigos

Eu gosto muito dos meus amigos. Verdade, gosto mesmo deles. E toda vez que recebo alguns na minha casa não fico satisfeita em “cada um traz sua cerveja”. Pra mim isso não é suficiente porque acho que se são meus amigos tem alguma expectativa em relação à mim. Visto que estudo gastronomia, trabalho com isso e mantenho esse lindo blog com (pelo menos) duas receitas semanais. Seria realmente uma sacanagem da minha parte.

Mas a verdade é que nem sempre eu to tããão afim assim de fazer algo super ultra mega hiper trabalhoso e é nessas horas que essas duas receitas (e tantas outras de pastinhas e dips e essas delicias da vida) entram em ação para deixar meus amigos felizes – e eu também.

Estava pra fazer esse queijo já há muito tempo, mas não ia colocar aqui não. Só que aí eu tive a ideia da pastinha de azeitona com manjericão e pensei que seria uma injustiça com vocês guardar essas receitas tão belas pra mim.

E se você não aguenta pensar em ver seus amigos porque ainda tá de ressaca do Carnaval, não tem problema! Faz só pra você e come tudo sozinho. Tudo ficará bem em um futuro próximo. Prometo.

Continuar a ler

Pimenta em Conserva (Picles)

Aqui em casa amamos coisas em conserva. Qualquer coisa que vá estragar, idealmente, vira conserva. Se não for pra picles vai pra um arroz, mas não vem ao caso O fato é: amamos picles.

E o sonho do Felipe sempre foi que eu fizesse um picles de pimenta pra ele. Normalmente sobra muita aqui em casa quando fazemos comida mexicana ou algum prato que leve ela fresca, então eu sempre tive motivos de sobra pra fazer. Demorou. Ele precisou encontrar uma pimenta jalapeño pra me convencer. Levou tempo, mas valeu a pena esperar.

E agora eu compartilho com vocês essa maravilha, feita com pimentas inteiras e que só te pede um mês da sua paciência depois de feita, pra ficar perfeita.

Continuar a ler

Drinks Afrodisíacos – 50 Tons de Cinza

Cinquenta Tons de Cinza. Sim, este é o segundo filme em parceria com o Pop Creature. Agora você olha bem pra mim, não dá realmente que eu gostaria de assistir esse filme, mas vou deixar isso pro Marcelo decidir. Se vale a pena ou não ir no cinema ver essa polêmica. Vou me ater à receita.

Além de ser em homenagem à esse filme, é também um ode ao Carnaval. Esta sim, o melhor feriado do ano. Aquele que eu gosto porque, por favor, o que pode ser melhor do que sair fantasiado, ficar bebado e não ser julgado por ninguém? Nada. Nada mesmo. Mas esse ano não vou pra minha cidade, então me restou fazer esses maravilhosos drinks ~afrodisíacos~ para ao menos ficar curtindo.

DrinkAfrodisiaco06

Gostaria de, antes de começarmos, dizer que cientificamente não existem alimentos afrodisíacos então provavelmente o que vai ascender a chama da sua paixão é você se levantar e ir fazer algo pra agradar a pessoa amada. Ou só te agradar mesmo afinal ninguém é obrigado a nada, né? KKK

Além disso, como é Valentine’s Day esse fim de semana, fizemos um conjunto de posts lindos pra conquistar todo mundo na vida. Então vem ver esse Cupcake Red Velvet dos Namorados, da Cupcakeando!

DrinkAfrodisiaco02

Ingredientes Drink Carambola com Pimenta:
– 1 Carambola
– 1 limão
– 1 colher de chá de geléia de pimenta
– 70ml de vodka
– 5 cubos de gelo

Para começar, coloque a carambola partida em tiras e a geléia em uma coqueteleira e macere um pouco (o que quer dizer que você vai apertar para tirar os sucos da carambola). Adicione os outros ingredientes e balance bastante, para misturar tudo. Sirva em um copo e decore com uma fatia de carambola.

DrinkAfrodisiaco01

Ingredientes Drink de Morango e Maracujá:
– 1/2 maracujá
– 8 morangos
– 70ml de vodka
– 5 cubos de gelo

Corte os morangos, tirando as folhas, e coloque-os na coqueteleira e macere. Em seguida, adicione o maracujá e macere mais um pouco. Coloque os outros ingredientes e balance bem. Sirva em um copo com gelo.

Cada uma das receitas rende um drink.

DrinkAfrodisiaco03 DrinkAfrodisiaco04 DrinkAfrodisiaco06

Cheesecake Congelada

É um fato: está um calor dos infernos em todos os lugares. E às vezes é preciso parar com essa mania saudável pra comer algo verdadeiramente delicioso e que ainda seja refrescante. Eu sei, parece uma equação impossível de resolver se não através de um sorvetinho no final da tarde. Mas e se eu dissesse que dá pra fazer diferente?

A verdade é que eu nem sou a maior fã de sorvetes desses que compra em mercado. Na maioria das vezes eles acabam tendo um gosto de leite bem padrão e nem são tão refrescantes assim. Ai eu parei e pensei: qual a minha sobremesa preferida de todos os tempos? Isso mesmo, cheesecake. E foi só achar uma forma de congelar sem que ela estragasse.

Por que não chocolate e café pra deixar todo mundo mais feliz? Essas são as únicas formas possíveis de tomar café em janeiro. Ou dentro do ar condicionado é claro.

Continuar a ler

Salada de Farfalle

Primeiro post de 2015 e o que eu tenho pra dizer pra vocês é apenas uma coisa: tá um calor do inferno. Se por acaso você discordar de mim, me diga onde você mora e vou te visitar nesse exato instante (tem que ser no Brasil). Tá tanto mas tanto calor que eu só consigo pensar em comer coisas frescas, leves e cheias de legumes pra não encher demais a barriga.

É o que eu gosto de chamar de ser saudável por necessidade térmica. Note que eu tentei pensar em um nome mais legal e engraçado, mas o calor me impediu de fazer isso também.

Não tem muito segredo, o grande lance dessa salada de massa é que ela vai te alimentar e te deixar feliz porque não vai te encalorar igual ao delicioso macarrão com molho de queijo que tanto amamos.

Continuar a ler