Rabanadas da Vovó Lolô

Pra mim, só é Natal quando eu entro na cozinha da minha vó e vejo ela preparando as rabanadas. Só é hora de colocar a roupa bonitinha e separar os presentes pra entregar quando eu sinto o cheiro do pão fritando e do açúcar com canela derretendo por cima dele.

Sim, minha vó faz as melhores rabanadas do mundo. Não, não é nada diferente das suas, exceto por alguns pequenos e lindos detalhes que deixam a rabanada dela ser a melhor do mundo.

E como eu amo rabanadas. De café da manhã no dia 25 talvez elas fiquem ainda mais deliciosas do que na noite de Natal. Aliás, por que a gente não faz rabanada sempre mesmo?

Continuar a ler

Anúncios

Peru de Natal

Chegamos ao ponto sem retorno. Quando já não tem mais como desistir de zerar a Ceia, aquela hora que você olha seu Peru pronto e pensa: este é o melhor que eu poderia ter feito.

Além disso, é claro, o que seria sua noite de Natal sem um delicioso Peru de Natal? E aí talvez você esteja pensando que todos que você já comeu eram secos e pareciam ter sido esquecidos no forno por muitos e muitos anos, desde o Natal anterior, e vai me dizer que não gosta tanto assim de Peru.

Essa receita surgiu porque na minha família também tínhamos esse problema. Quando ele não ficava seco, ficava meio sem graça e sem gosto. Então eu pensei: por que não cozinhar um peru com uma calda de cerveja defumada? Ela daria a ele sabor de carnes deliciosas. Mas e se eu colocasse também um pouco de mostarda Dijon? O sabor dela é tão característico que aumentaria, junto com a laranja, a acidez e ainda daria o toque que só ela poderia dar. E por último, mas não menos importante, por que não colocar mel? Só ele poderia caramelizar essa delícia e dar a doçura que compensa a acidez e que combina com a carne da ave.

E foi o que eu fiz. Aqui está a melhor receita de todos os tempos. Pelo menos pra mim.

Continuar a ler

Farofa de Nozes

Toda Ceia de Natal precisa ter algumas coisas pra ser completa. Pra mim, uma das mais importantes é a farofa. Talvez porque eu seja doida – totalmente maluca mesmo – por esta delicia divinamente inventada pelos brasileiros. Sério, quem teve a ideia de jogar farinha de mandioca na frigideira e ver no que dava: meus parabéns pra você!

Mas ai vem aquele drama porque a maioria das farofas que você vai comer nas festas de fim de ano vão estar secas, sem tempero, sem sabor, sem nada dentro. Garanto inclusive que talvez você possa comer aquelas que compra pronto no mercado, dependendo de pra onde você vá com essa discussão.

E eu te digo: estou aqui para resolver todos esses problemas. Tudo o que eu tenho pra dizer é que a chave para qualquer farofa é a manteiga. Manteiga é felicidade e, convenhamos, é Natal então o que é mais um pouquinho de gordura na Ceia ne? Bobagem. De verdade, bobagem.

Continuar a ler

Arroz de Castanhas e Damasco

Eu avisei a vocês que o Natal tinha chegado. Afinal, já estamos no final da primeira semana de dezembro. E você, o que fez no seu ano?

Eu me mudei pra São Paulo e inventei tantas receitas pra vocês verem e se deliciarem que foram mais receitas do que nos outros 21 anos da minha vida eu havia inventado! E isso foi o que mais alegrou meu ano. Briguei com muita gente também e fiz as pazes. Mudei MUITA coisa na minha vida e não faria nada diferente. 2014 foi um ano foda em todo e qualquer sentido que essa palavra pode ter. E não, desculpa, não existe outra palavra pra 2014.

Outro dia estava até conversando com o Felipe e conclui que esse ano foram 10 anos da minha vida. É engraçado pensar como tanta coisa legal aconteceu em um só ano. E que eu conheci tanta gente irada e que eu provei que minhas amizades resistem a, sei la, 6 horas de carro facilmente. Perdi alguns amigos, recuperei outros, fiz muita comida (muita mesmo) e estou muito orgulhosa do ano que eu tive, sério.

Pensa bem, qual o melhor jeito de comemorar que o ano tá acabando? Seja porque você gostou dele ou porque quer ver 2014 longe daqui logo essa bosta de ano… Claro que é se empanturrando.

Por isso a primeira receita que melhoramos pra você é o arroz pra sua Ceia de Natal. SPOILER: não tem passas, o que já é uma GRANDE vantagem.

Continuar a ler

Bolinho de Mel

Apesar de estarmos atrasados, aqui estamos nós com posts de fim de ano.
E o que melhor para lembrar do Natal do que aquela comilança e você passando mal no dia seguinte de tanto que comeu a Ceia? Ou então do que aquela sua tia perguntando cade seu namoradinho(a) quando na verdade ela está apenas ignorando a sua opção sexual? Viva a família.

Honey Bars (Bolo de Mel)

Hoje vou ensinar esse bolinho de mel (não confundir com pão de mel). Pra quando a sua tia chata vier te encher o saco você enfiar um desses na boca e não precisar responder nada.

Honey Bars (Bolo de Mel)

Ingredientes:
– 1 xícara de mel
– 3/4 xícara de açúcar
– 1/4 xícara de manteiga
– 3 xícaras e meia de farinha de trigo
– 1 colher de chá de fermento em pó
– 1/2 colher de chá de bicarbonato
– 1/2 xícara de nozes picadas
– 1/4 xícara de laranjas cristalizadas
– 1 colher de chá de gengibre, cravo e canela em pó

Para começar, coloque o mel e o açúcar em uma panela sob fogo médio e deixe que os dois formem um líquido uniforme. Adicione a manteiga e mexa até que ela derreta por completo.
Tire do fogo e transfira a mistura para um pote grande. Peneire 1 xícara e meia de farinha e o fermento e o bicarbonato e misture até que todos os ingredientes estejam incorporados.
Junte as nozes, as laranjas e o gengibre, o cravo e a canela e misture bem. Adicione o resto da farinha, também peneirada.

Unte uma forma e, com o forno pré-aquecido a 180 graus, leve a mistura (que deve estar bem pegajosa e dura) para assar por 25 minutos.
Tire do forno e espere esfriar. Enquanto isso, faça o caldinho de cima.

Calda de Limão (Lemon Glaze)

Calda de Limão:
– 1 xícara de açúcar de confeiteiro
– Suco de 2 limões

Essa calda é muito natalina. Ela é usada sobre os famosos Gingerbread Man e outras coisas. É super fácil de fazer, não precisa nem ir ao fogo.
Peneire o açúcar em um pote. Depois disso, é só colocar o suco de dois limões (com o cuidado de estar coado para não haver nenhum gominho) e misturar até se formar um creme.
É importante usar açúcar de confeiteiro mesmo nessa receita. (Não sabe por que? Clica aqui que a gente te explica)

Calda de Limão (Lemon Glaze)

Calda de Limão (Lemon Glaze)

Pra terminar, coloque um pouco da calda sobre os pedaços da barrinha já cortados em quadradinhos. Eu gosto deles grandes, mas você pode cortar do tamanho que quiser.

Honey Bars (Bolo de Mel)

Honey Bars (Bolo de Mel)