Pão Trançado

Uma receita cheinha de amor. Não, vocês nem precisariam saber qual é, só precisam mesmo é saber que pães sempre são, de alguma forma, amor à primeira vista para mim. Nesse caso foi justamente isso. Quando convidei o Vitor pra aparecer por aqui, disse a ele o de costume “o convidado é quem escolhe a receita” e adicionei “a coisa que mais amo fazer na vida são pães”.

Em seguida veio ele com uma foto desse pão que ele tinha feito na casa dele. Um pão tão lindo e charmoso que ganhou meu coração de primeira. E foi assim que decidimos que a gente ia fazer isso mesmo. Numa versão doce e uma salgada, todas muito deliciosas.

Só peço que, por favor, você não se assuste com a bagunça que faremos e com as besteiras que falamos. Foca na receita que é linda e que no final fica tão gostosa que dá vontade de chorar.

Pão Trança

Ingredientes da Massa:
– 400ml de água morna
– 10g de fermento biológico seco
– 720g de farinha de trigo
– 60g de açúcar cristal
– 2 ovos batido
– 1 pitada de sal

ATENÇÃO: essa receita não é minha, ela é do Vitor, lá do Prato Fundo e isso deveria te explicar porque as medidas são tão lindas e precisas já que eu faço tudo no olho. Os recheios foram criados por mim, então chega de falar e vamos começar.

Em uma tigela, coloque a água, o fermento e metade do açúcar. Mexa e deixe descansar por 15 minutos, até que o fermento seja ativado (vão ter bolhas e espuma à vista).

Adicione 1 ovo, o restante do açúcar e mexa. Em seguida, vá colocando a farinha aos poucos, até que se forme uma massa que desgrude das mãos. Sove a massa por uns 10 minutos e depois deixe crescer por mais ou menos 20 minutos, até que dobre de tamanho.

Pão Trança

Ingredientes do Recheio Salgado:
– 150g de tomate cereja
– 1/2 cebola roxa
– 20 folhas de manjericão fresco

Ingredientes do Recheio Doce:
– 150g de ricotta fresca
– 2 colheres de sopa de mel

Quando a massa estiver descansado, volte a sovar, divida no meio (metade para o pão doce e metade para o salgado) e abra em um retângulo. É importante que seja realmente um retângulo com um lado bem mais comprido que o outro. Coloque o recheio na massa aberta e enrole, como se fôssemos fazer um rocambole.

Feito isso, feche as pontas do rolinho e corte-o em três tiras, também de comprido. Aqui é a parte em que eu digo que vai sujar porque o recheio vai começar a sair para os lados. Com cuidado, comece a trançar o pão, igual faz trança em meninas mesmo.

Pão Trança

Coloque numa assadeira e pincele com o outro ovo batido. Deixe descansar por mais 20 minutos e leve em forno pré-aquecido a 200 graus até que eles fiquem dourados por cima!

Essa receita rende 2 pães trança que podem alimentar até 4 pessoas tranquilamente.

Pão Trança

Pão Trança

Pão Trança

Pão Trança

Pão Trança

 

Chutney de Tomate

Não vou enganar vocês não, mas eu to ficando boa nessa história de passar receitas que todo mundo ama pra vocês.

E também talvez esteja passando por uma fase de conservas porque têm tido bastante aqui, né? Se você não viu clica aqui pra ver o Tomate Seco e aqui pra ver o Picles que fizemos!

Chutney de Tomate

Mas o fato é que se eu estou com essa mania é porque conservas são vida, felicidade e melhoram qualquer salada, carne, sanduíche, bruschetta e assim por diante até que você tenha provado com tudo que você possa imaginar e descubra que fica bom com tudo.

Pra quem não sabe, o chutney é uma invenção dos indianos e é uma mistura de agridoce com apimentado de arrasar corações. O mais normal de se encontrar é o de manga, mas hoje vamos fazer de tomate porque tomate é vida.

Chutney de Tomate

Chutney de Tomate

Ingredientes:
– 4 tomates
– 1 cebola roxa
– 150g de açúcar mascavo
– 1 colher de chá de páprica picante
– 5 sementes de cardamomo
– 1 pitada de cominho
– 50ml de vinagre de vinho tinto
– 50ml de água

Comece cortando os tomates em tiras, retirando sempre as sementes. Faça o mesmo com a cebola roxa e coloque os dois em uma panela grande.

Coloque todos os outros ingredientes e dê uma misturada para então ligar o fogo. Deixe que ferva e então conte uma hora.

O segredo dessa receita é você não deixar de mexer seu chutney de vez em quando, durante o cozimento. Se você só esquecer ele lá, ele poderá grudar no fundo da panela e vai ser bem triste.

Chutney de Tomate

Chutney de Tomate

Chutney de Tomate