Arroz de Castanhas e Damasco

Eu avisei a vocês que o Natal tinha chegado. Afinal, já estamos no final da primeira semana de dezembro. E você, o que fez no seu ano?

Eu me mudei pra São Paulo e inventei tantas receitas pra vocês verem e se deliciarem que foram mais receitas do que nos outros 21 anos da minha vida eu havia inventado! E isso foi o que mais alegrou meu ano. Briguei com muita gente também e fiz as pazes. Mudei MUITA coisa na minha vida e não faria nada diferente. 2014 foi um ano foda em todo e qualquer sentido que essa palavra pode ter. E não, desculpa, não existe outra palavra pra 2014.

Outro dia estava até conversando com o Felipe e conclui que esse ano foram 10 anos da minha vida. É engraçado pensar como tanta coisa legal aconteceu em um só ano. E que eu conheci tanta gente irada e que eu provei que minhas amizades resistem a, sei la, 6 horas de carro facilmente. Perdi alguns amigos, recuperei outros, fiz muita comida (muita mesmo) e estou muito orgulhosa do ano que eu tive, sério.

Pensa bem, qual o melhor jeito de comemorar que o ano tá acabando? Seja porque você gostou dele ou porque quer ver 2014 longe daqui logo essa bosta de ano… Claro que é se empanturrando.

Por isso a primeira receita que melhoramos pra você é o arroz pra sua Ceia de Natal. SPOILER: não tem passas, o que já é uma GRANDE vantagem.

Continuar a ler

Pad Thai

Há algum tempo venho me prometendo (e prometendo ao Felipe) que chegaria o dia em que eu tentaria fazer Pad Thai. Nunca pesquisei muito sobre ele, mas de tanto ouvir falar estava com uma vontade de comer inexplicável. A verdade é que mesmo depois de ler as receitas eu pensava que seria algo parecido com a vibe do Yakissoba. Mas eu me enganei. É totalmente diferente e incrivelmente delicioso.

O processo de criação de todas as receitas que faço costuma ser rápido, é como se eu tivesse a ideia, procurasse receitas base em livros ou na internet e criasse em cima disso, de acordo com a minha ideia original, mas dessa vez foi um pouco diferente. Sempre que vou fazer pratos clássicos de algum lugar é assim.

Minha ideia era fazer o tradicional mesmo, mas quando vi que seria impossível achar os ingredientes fora de São Paulo (abençoada seja a Liberdade e toda a sua variedade de produtos do outro lado do mundo), percebi que teria que adaptar. Então, vejam bem, assim surgiu a minha versão do Pad Thai tradicional que, apesar de ter uma semelhança, no final das contas ficou bem diferente.

Continuar a ler

Arroz Tailandês

Estávamos precisando de algumas coisas deliciosas para o blog. E aí eu me lembrei que tinha na minha despensa um montão de temperos tailandeses que o Perrone, do Sanduba Insano, trouxe aqui pra casa um dia desses pra cozinhar pra gente!

Claro que não estou querendo te convencer que essa é a comida thai tradicional até porque sei que não é. Fiz uma versão própria do que eu acho que seria bom comer se eu fosse viajar pra tailandia, se é que assim me explico bem! O que eu sei é que ficou muito muito bom e acho que vocês deveriam tentar em casa!

Arroz Tailandês

Ingredientes:
– 1 xícara de arroz de jasmin
– 1 cenoura grande
– 1 cebola
– 1 pimentão vermelho
– 200ml de leite de coco
– 1 limão
– Pasta de Curry
– Mistura de Satay
– 50g de peito de frango
– 1 punhado de salsa

Para começar, corte o frango em cubos e coloque um pouco da mistura do Satay, segundo a embalagem. Se você não tiver a mistura, coloque 1 colher de chá (bem cheia) de curry em pó. Misture com uma colher de sopa de leite de coco e deixe descansar.

Corte o pimentão, a cebola e a cenoura e reserve.

Arroz Tailandês

Se você não achar a pasta de curry, uma forma que eu encontrei de fazer em casa foi pegar 1 colher de sopa de curry, colocar 1 colher de chá de páprica e ir misturando água até formar uma pastinha. Claro que não vai ser igual, mas substitui bem!

Em uma frigideira bem quente, frite o frango temperado e reserve. Na mesma frigideira, coloque a cebola e comece a refogar. Adicione a pasta de curry e, em seguida, os outros legumes já cortados. Refogue por mais ou menos 2 minutos e adicione o arroz. Refogue por mais um minuto.

Arroz Tailandês

Na hora de adicionar a água para o arroz, dilua o leite de coco nela para que a quantidade total já tenha o leite de coco incluido! Coloque a água na frigideira e deixe cozinhar. Quando estiver quase pronto, esprema o limão e coloque as folhas de salsa quebradas com a mão.

Para montar o prato, coloque o arroz, o frango e algumas folhas de salsa cortadas com a mão por cima. Essa receita serve 4 pessoas. Eu fiz o frango pra uma pessoa só, então se for fazer ele para 4, é só multiplicar tudo por quatro!

Arroz Tailandês Arroz Tailandês Arroz Tailandês

Mjadra – Arroz com Lentilha

Aprendemos a fazer esse prato com um amigo nosso, o Blinder, e desde a primeira vez sabíamos que a gente ia precisar fazer isso no blog. Na correria de escolher receitas e tentar deixar tudo muito legal pra você, a receita caiu no esquecimento e acabamos não fazendo mais nem aqui em casa.

Mas agora é chegada a hora. Esse arroz com lentilha é tudo que você precisa na sua vida e nem sabia. É uma alegria a cada garfada, especialmente se tiver a coalhada por cima. Vamos logo comer isso porque desde que gravamos ja fizemos de novo aqui em casa. Isso é pra vocês entenderem o amor.

Mjadra - Arroz com Lentilha

Ingredientes:
– 1 xícara de lentilha
– 1 xícara de arroz
– 6 cebolas médias
– 200ml de iogurte natural
– 1/2 limão
– 1 colher de chá de cominho em pó
– 1 colher de chá de açúcar
– Sal e pimenta do reino a gosto.

Comece cozinhando a lentilha conforme as instruções da embalagem. Enquanto isso, corte toda a cebola em meia-lua. É importante que elas sejam finas, mas principalmente que tenham todas a mesma espessura. Escorra a lentilha e reserve.

Em uma panela coberta de azeite, coloque 5 cebolas já cortadas e comece a refogar. Elas vão ficar no fogão por uns 15-20 minutos, até estarem quase em um tom marrom. Esse é o grande lance dessa receita, a cebola queimadinha vai dar um sabor inexplicável pra todo resto.

Coloque dois copos de água dentro da panela das cebolas e deixe cozinhar por 2 minutos. Acrescente o arroz e a lentilha, tempere com o cominho, sal e pimenta do reino. Mexa um pouco e deixe cozinhar.

Enquanto isso, em uma frigideira, coloque a cebola que sobrou e frite até ficar dourada, jogando o açúcar por cima durante o processo.

Para fazer a coalhada, é só jogar o suco do limão no iogurte e mexer, temperando com sal e pimenta em seguida.

Quando o arroz estiver pronto, coloque a coalhada por cima e o crispy de cebola caramelizada pra decorar. Pronto! Ah, essa receita rende para 4 pessoas.

Mjadra - Arroz com Lentilha

Mjadra - Arroz com Lentilha

Mjadra - Arroz com Lentilha

Mjadra - Arroz com Lentilha

Bolinho de Arroz

Essa receita não tem como dar errado. Sério, é simplesmente impossível. Mesmo que minha baby gata viesse aqui e digitasse pra vocês a receita na língua dos gatos vocês ainda assim acertariam.

Bolinho de Arroz

Desde criança eu simplesmente amo bolinho de arroz. Minha avó faz, provavelmente, o melhor do mundo. E dai que eu precisava aprender a fazer. Então lá fui eu misturar a receita da minha vó com a receita da Dona Benta para criar a minha própria e poder ensinar a vocês.

E pra quem não gosta ou acha que não gosta de bolinho de arroz, espere: esse vai mudar a sua opinião.

Bolinho de Arroz

Ingredientes:
– 2 xícaras de arroz pronto
– 1/2 xícara de leite
– 2 ovos
– 4 colheres de sopa de farinha de trigo
– 5 colheres de sopa de parmesão ralado
– 150g de mussarela
– 1 colher de café de fermento
– 1 colher de sopa de salsinha
– Sal e pimenta do reino
– Óleo para fritar

Para começar leve o arroz e o leite ao fogo em uma pequena panela. O importante é que o arroz absorva toda a água para ficar mais molinho.

Depois que isso esfriar, coloque em um pote todos os ingredientes menos a farinha e o fermento. Misture bem para depois adicionar os últimos dois ingredientes.
A massa estará boa quando você conseguir fazer um formato com uma colher então se no final das contas ficar mole, é preciso adicionar mais farinha pra dar liga.

Aqueça o óleo em uma frigideira funda e com a ajuda de duas colheres faça os bolinhos e vá jogando aos poucos. Frite até que fiquem dourados.
Aqui vai uma dica: se você ficar em dúvida se já está dourado o suficiente ou não, tire da frigideira. Depois que ele sair ele vai continuar fritando por causa do calor e o bolinho ainda doura um pouco mais.

Ah, a boa é usar arroz que está sobrando na geladeira porque fazer arroz só pra comer bolinho fica realmente difícil (a menos que você esteja com desejo claro).
Essa receita rende mais ou menos uns 30 bolinhos médios.

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz

Bolinho de Arroz

Arroz de Curry

Eu juro que eu tento fazer receitas não engordativas, mas, infelizmente, as que engordam sempre SEMPRE parecem muito melhores. E agora se preparem porque comecei a ler (de verdade) Mastering the Art of French Cooking (o livro da linda Julia Child, daquele filme sabe? Julie e Julia, hehe). Mas a receita de hoje é do meu livro favorito de todos os tempos: Joy of Cooking. Então vamos lá!
curry3WEB

Ingredientes:
– 1 1/2 copo de arroz
– 6 copos de água quente
– 2 xícaras de tomate
– 1 xícara de pimentão
– 1 xícara de cebola
– 3 colheres de sobremesa de pó de Curry
– 3 colheres de sobremesa de sal

É preciso ter paciência, mas não porque vai dar trabalho só vai demorar pra ficar pronto mesmo. Pra começar, coloque o arroz em uma tigela (pirex, na verdade, para ir ao forno) e coloque a água quente em cima dele. É, o arroz vai estar cru mesmo, e só a água quente. Tampe de alguma forma, pra ajudar a ficar quente por mais tempo, e deixe ali por 45 minutos.

Enquanto você espera isso, pique o tomate, o pimentão e a cebola em pedacinhos e ligue o forno a 200 graus, quando faltar 15 minutos para terminar o tempo do arroz!

Pegue o arroz do Pirex (sim, vai estar cheio de água) e coloque os legumes, o pó de Curry e o sal, misture bem e coloque no forno. Ele vai ficar no forno por mais ou menos 1 hora e meia, mas você precisa abrir e misturar de 20 em 20 minutos. Você precisa ficar olhando porque a água do arroz vai secando e, sério, é preciso tirar antes de secar totalmente, enquanto ele ainda estiver molhadinho.
curry1WEB

E pronto! É só tirar do forno, servir e comer!
Qualquer dúvida, estou aqui