Kafta

Começo este post com um pedido de desculpas pelo atraso. Tivemos um problema com a internet e passamos o dia tentando colocar o vídeo no ar, mas só agora estamos conseguindo.

Para quem não sabe, kafta é um prato deliciosamente árabe que eu não sei bem como surgiu. Só tenho mesmo certeza da sua gostosura e do quanto isso me lembra uma certa parte da minha infância em que me eram comparadas kaftas feitas na brasa (também conhecida como fogo de churrasco).

Digo para vocês apenas que seja no forno ou na churrasqueira ou até mesmo na brasa, faça esta delicia e coma até não aguentar mais.

Kafta

Ingredientes:
– 200g de patinho moído
– 4 folhas de hortelã
– 2 galhos de salsa
– 1 pitada de cominho em pó
– 2 dentes de alho
– 1/2 limão
– Sal e pimenta do reino a gosto
– Palitos de churrasco

Comece picando a hortelã, a salsa e o alho e coloque num pote. Adicione a carne e tempere com o cominho, o suco do limão, o sal e a pimenta.
Mexa bem com as mãos até formar uma massa.

Divida a carne em 3 bolinhas e vá apertando cada uma delas em um palito de churrasco, até que se forme um tubo, tipo um salsichão de carne moída.

Leve ao forno pré-aquecido a 200 graus por mais ou menos 15 minutos ou até que a carne esteja marrom por fora. Eu nunca fiz na churrasqueira então não sei quanto tempo leva, mas faz ai e me conta que eu vou agradecer saber!

Kafta

Kafta

Kafta

Bolinho de grão-de-bico

Ontem fomos fazer um dos eventos dos quais participo de tempos em tempos. É uma feira para novos estilistas e também novos chefs poderem expor seu trabalho e ter a chance de se divulgar e vender seus produtos. Além de, é claro, ser um lugar muito hype e charmoso do Rio de Janeiro. (aqui vão algumas fotos da minha barraca e de eu sendo linda com o Felipe atrás da câmera).

Ginger Bistrô - Cluster

Ginger Bistrô - Cluster

Ginger Bistrô e Fotografando à Mesa

Estou muito orgulhosa de mim porque hoje consegui montar um prato vegetariano e muito MUITO maravilhoso. Tão maravilhoso que ouvi pessoas não vegetarianas falando que era melhor que o prato com carne.
Só amor, né?

E por isso eu resolvi que vou dar as receitas do que eu fiz durante essa semana. A começar pelo bolinho de grão de bico assado que, sério, melhor que muitos bolinhos com carne por aí.
Na verdade, se tirarmos a maionese de pepino de cima do bolinho, seria um prato vegano o que faz com que as receitas que vou dar sejam veganas, então estou ainda mais orgulhosa de mim agora, rs.

Vamos começar logo porque pra que perder tempo quando se tem uma comida tão maravilhosa pela frente, não é mesmo?

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Ingredientes:
– 400g de grão de bico
– 2 colheres de sopa de salsa
– 1 colher de sopa de coentro
– 1 pitada de páprica picante
– 1 pitada de orégano
– 3 colheres de sopa de farinha de trigo
– Sal e pimenta do reino a gosto

Para começar, deixe o grão de bico de molho em água por pelo menos 12 horas. Quanto mais tempo você deixar, melhor ele vai ficar. Coloque numa panela de pressão coberto de água e conte 25 minutos depois que pegar pressão.
Você também pode usar aqueles grão de bico em conserva se quiser mais praticidade!

Depois que o grão de bico esfriar, comece a amassá-lo com as mãos, até que se forme uma pasta.

Com a salsinha e o coentro picados, misture todos os outros ingredientes ao grão de bico e continue amassando colocando todo amor do mundo. O ponto da massa é quando você conseguir moldar uma bolinha nas mãos.

Faça as bolinhas e achate, formando discos com a massa.
Com o forno pré-aquecido a 200 graus, leve os disquinhos para assar em uma forma untada por mais ou menos 15 minutos de cada lado, até que estejam dourados.

Coma até morrer porque fica bom demais tão bom que você vai querer ter pra sempre em casa.

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Bolinho de grão de bico - O Cluster

Bolinho de grão de bico - O Cluster