Bolinho de Batatas

É sempre muito bom quando uma receita envolve batatas. As chances dela dar certo para todos nós aumenta em pelo menos 50%, já que batatas são vida. Mas legal, isso todo mundo já sabe né… Então eu tô sempre tentando criar novas coisas com batatas porque sou realmente apaixonada por elas (vide a quantidade de vezes que essa palavra apareceu nas ultimas frases).

Foi ~navegando na internet~ que eu encontrei a inspiração perfeita para a receita dessa segunda-feira-pós-feriado-que-sempre-nos-enche-de-preguiça. Queria dizer pra todo mundo que essa é uma daquelas maravilhas praqueles dias que você quer comer algo bem bem gostoso, que não dê trabalho e que seja frito porque fritura é alegria.

Continuar a ler

Anúncios

Ovos ao Forno

Estamos aqui de volta como bons amantes de ovos que somos. A verdade é que talvez o quanto gostamos de ovo por aqui seja até um caso a ser estudado.

Mas esse amor todo me levou à começar a testar diversas coisas com ovos (sem ser bolos tá? que bolo não conta porque não tem gosto de ovo e nem o ovinho bonitinho lá, amarelinho e te seduzindo). Essa foi feita no dia 01 de janeiro de 2015. Sim, depois da noite de Ano Novo foi a primeira coisa que cozinhei, com todo amor e carinho, para meu amado que vocês já estão cansados de conhecer.

Foi aprimorando a primeira receita que fiz no ano que cheguei a esta que hoje lhes apresento. E se eu fosse você eu faria hoje ainda ou amanhã de manhã pra curar aquela ressaca braba que eu sei que vai te alcançar em algum momento da sua vida. Lembre-se de mim. E da receita, porque ela é sempre mais importante.

Continuar a ler

Farofa de Nozes

Toda Ceia de Natal precisa ter algumas coisas pra ser completa. Pra mim, uma das mais importantes é a farofa. Talvez porque eu seja doida – totalmente maluca mesmo – por esta delicia divinamente inventada pelos brasileiros. Sério, quem teve a ideia de jogar farinha de mandioca na frigideira e ver no que dava: meus parabéns pra você!

Mas ai vem aquele drama porque a maioria das farofas que você vai comer nas festas de fim de ano vão estar secas, sem tempero, sem sabor, sem nada dentro. Garanto inclusive que talvez você possa comer aquelas que compra pronto no mercado, dependendo de pra onde você vá com essa discussão.

E eu te digo: estou aqui para resolver todos esses problemas. Tudo o que eu tenho pra dizer é que a chave para qualquer farofa é a manteiga. Manteiga é felicidade e, convenhamos, é Natal então o que é mais um pouquinho de gordura na Ceia ne? Bobagem. De verdade, bobagem.

Continuar a ler

Arroz de Castanhas e Damasco

Eu avisei a vocês que o Natal tinha chegado. Afinal, já estamos no final da primeira semana de dezembro. E você, o que fez no seu ano?

Eu me mudei pra São Paulo e inventei tantas receitas pra vocês verem e se deliciarem que foram mais receitas do que nos outros 21 anos da minha vida eu havia inventado! E isso foi o que mais alegrou meu ano. Briguei com muita gente também e fiz as pazes. Mudei MUITA coisa na minha vida e não faria nada diferente. 2014 foi um ano foda em todo e qualquer sentido que essa palavra pode ter. E não, desculpa, não existe outra palavra pra 2014.

Outro dia estava até conversando com o Felipe e conclui que esse ano foram 10 anos da minha vida. É engraçado pensar como tanta coisa legal aconteceu em um só ano. E que eu conheci tanta gente irada e que eu provei que minhas amizades resistem a, sei la, 6 horas de carro facilmente. Perdi alguns amigos, recuperei outros, fiz muita comida (muita mesmo) e estou muito orgulhosa do ano que eu tive, sério.

Pensa bem, qual o melhor jeito de comemorar que o ano tá acabando? Seja porque você gostou dele ou porque quer ver 2014 longe daqui logo essa bosta de ano… Claro que é se empanturrando.

Por isso a primeira receita que melhoramos pra você é o arroz pra sua Ceia de Natal. SPOILER: não tem passas, o que já é uma GRANDE vantagem.

Continuar a ler

Batatas Hasselback

Não, essa receita não é minha e também não fui eu quem ensinei vocês a fazerem no vídeo. Mas calma que tudo tem uma explicação! Esse é um vídeo especial porque temos a participação da Amanda, do Marola com Carambola.

A nossa ideia era conseguir fazer uma receita deliciosa e simples porque o legal mesmo é vocês verem as nossas besteiras. E se tem uma coisa que eu posso garantir é que essas tais Hasselback, que nada mais são do que batatas aperitivo (ou de acompanhamento) assadas quase cortadas em fatias com bacon e especiarias secas, são uma das coisas mais simples e belas da vida.

E assim encerro essa introdução porque o melhor mesmo é ver a Amanda que nunca deu receitas faladas fazendo isso no nosso canal!

Batatas Hasselback

Ingredientes:
– 4 batatas inglesas grandes
– 50g de bacon
– 50g de parmesão
– Especiarias secas de sua preferência
– Azeite e sal
– Papel alumínio

Para começar, lave bem as batatas e com uma faca afiada faça cortes finos nela, sem chegar ao final. A ideia é que as fatias fiquem marcadas mas continuem presas na batata. Se você não tem as habilidades com a faca é só seguir a dica da Amanda!

Depois disso, coloque-as em uma assadeira e jogue azeite, as especiarias e o sal. Nós usamos salsa, tomilho, manjericão e pimenta calabresa, tudo seco.

Passe o papel alumínio por cima da forma e leve em forno pré-aquecido a 200 graus por 1 hora.

Depois disso, tire as batatas do forno. A ideia é que as batatas já estejam meio cozidas e mais abertas. Coloque mais sal e mais azeite e volte ao forno por mais 10 minutos.

Batatas Hasselback

Enquanto isso, corte o bacon em cubinhos pequenos. Retire as batatas do forno e coloque o bacon (ou o parmesão no caso do felipe). Volte ao forno por mais 15 minutos ou até que o bacon esteja bem fritinho e crocante!

Nós enfeitamos no prato com salsa e pimenta dedo-de-moça fatiada bem fininha, só pra ficar bem lindo!

Batatas Hasselback

Batatas Hasselback

Batatas Hasselback

Batatas Hasselback

Batatas Hasselback

Pastinha de Tomate

Ah, as maravilhas da cozinha americana! Uma das melhores aquisições da minha vida foi o livro Joy of Cooking que, pra quem não sabe, é o mais tradicional livro da cozinha americana e também o mais vendido nos Estados Unidos. Eu consigo entender perfeitamente já que esse livro é: amor.

Estamos inclusive pensando em fazer uma temporada de receitas tiradas do livro, com meu toque pessoal, para fazer algo no estilo Julie&Julia! Porque nada como conhecer um livro tão bem que você sabe onde procurar tudo nele, né?

E hoje vamos fazer uma maravilhosa e inexplicavelmente simples pastinha de tomate. Pra quando você for receber seus amigos e tiver com preguiça, mas quiser impressioná-los com seus dotes culinários!

Pastinha de Tomate

Ingredientes:
– 2 latas de tomate sem pele
– 3 colheres de sopa de farinha de tapioca
– 1/2 cebola
– 1 colher de chá de páprica picante
– 1/2 colher de chá de açúcar
– Sal a gosto
– 20 azeitonas verdes
– Queijo parmesão ralado

Coloque água em uma panela para fazer um banho-maria. Pegue uma tigela que encaixe em cima dessa panela e coloque as duas latas de tomate sem pele dentro dela, quebrando levemente os tomates.

Corte a cebola em cubinhos e refogue em uma frigideira até que fique douradinha.

Leve o tomate para o banho-maria e misture a cebola, a farinha de tapioca e os outros ingredientes, menos o queijo. A farinha de tapioca serve como um espessante. Você pode substituir por farinha de trigo ou maizena, mas o resultado não vai ser o mesmo…

Pastinha de Tomate

Deixe em banho-maria por 7 minutos mexendo com um fouet de vez em quando. Enquanto isso, coloque as azeitonas em uma tábua e pressiona com a parte de trás da faca para que o caroço se solte.

Retire a mistura de tomates do fogo, incorpore as azeitonas já sem caroço e transfira para uma assadeira. Rale o queijo por cima e leve em forno pré-aquecido até que o queijo derreta.

Sirva com pães torrados ou com torradinhas mesmo!

Pastinha de Tomate

Pastinha de Tomate

 

Pastinha de Tomate

Pastinha de Tomate

Caçarola de Batatas

Hoje é dia de receita salgada e enquanto segunda-feira não chega pra vocês me verem tagarelar de novo, esta é uma delicia de batatas (alias, o que poderia ficar ruim com elas?)!

A ideia de fazer essa receita veio de uma muito parecida que achei na internet. Achei tão tão simples e deliciosa que pensei que seria otima ensiná-la para pessoas lindas como vocês que eu sei que gostam de uma boa comida.

O tempero no final e o sabor do prato me surpreenderam de verdade. Eu esperava que ficasse bom, mas ficou maravilhoso! E é um ótimo acompanhamento pra uma carne ou mesmo para comer só com arroz.

Receita de Caçarola de Batatas

Ingredientes:
– 3 batatas média
– 1 cebola
–  5 dentes de alho
– 1 ramo de alecrim fresco
– 1/2 xícara de leite
– 1 xícara de creme de leite
– Sal e pimenta do reino a gosto

Comece lavando as batatas e depois corte-as em um tamanho que os pedaços caibam na sua boca. Coloque em uma panela e cubra com água.

Leve para o fogo e quando ferver adicione sal grosso e deixe que as batatas cozinhem até ficarem moles. Escorra e corte o cozimento com água fria.

Enquanto a batata cozinha, corte a cebola e o alho em cubinhos e tire as folhas do ramo do alecrim.

Em uma frigideira grande, coloque um fio de azeite e refogue a cebola até que ela fique transparente. Adicione o alho e deixe que ele dê uma queimadinha. O cheiro dessa mistura me faz ter água na boca só de pensar!

Depois, adicione o creme de leite, o leite e o alecrim. Tempere com sal e pimenta do reino e deixe levantar fervura. Quando isso acontecer, adicione as batatas e deixe que elas absorvam um pouco do caldo. Cozinhar por uns 5 minutos vai fazer esse trabalho!

E pronto! É só comer e o quanto mais quentinho melhor. Ah, essa receita dá pra umas 4 pessoas comerem bem!

Receita de Caçarola de Batatas

Receita de Caçarola de Batatas

Receita de Caçarola de Batatas