Red Velvet

Faltam só 2 dias para a Ceia de Natal e eu me sinto na obrigação moral de escrever um post sentimental. Desculpa, mas é assim que eu sou. Eu sempre tive muito, muito ciúme dessa receita.
Acho que principalmente porque eu simplesmente sei que é uma das minhas melhores receitas.

Mas aí esse ano foi tão irado, tão especial pra mim de todas as formas e tanto por causa de vocês que nos acompanham e assistem que eu cheguei a conclusão que essa era a MINHA receita. Um bolinho vermelho, tão pequeno e aveludado, recheado e coberto de um creme de cream cheese que parece impossível de melhorar. Essa é, sem dúvida, a melhor forma de agradecer a vocês: dando, passo a passo, essa receita.

Desde que eu me entendo por gente, pra falar a verdade, odeio Natal. Quando era criança curtia os presentes, mas os natais pareciam sempre mais pra comer do que qualquer outra coisa (gulosa, eu?). Não sei explicar por quê não gostar dessa data tão linda e cheia de luzes e coisas fofas.

Eu lembro muito das coisas pelas comidas que eu comia e os melhores natais eram aqueles com a família da minha mãe, MINHA família, quando eu sentia o cheiro de rabanada da vovó e do pernil assando no forno, que é outra especialidade da Lolô. Depois, do bacalhau que minha mãe tornou sua própria tradição, a melhor das ideias mesmo eu não gostando de bacalhau.

A família já não se reuni como antes e esse ano vou até passar o Natal longe de casa – o Rio -, pela primeira vez na minha própria casa. E eu decidi criar uma tradição. Vou fazer o melhor Natal para garantir que todos que fiquem aqui passem a amá-lo, diferente de mim. Mas para que, assim como eu, lembrem das comidas, que são a melhor parte da vida no final das contas.

Por fim, para terminar esse sentimentalismo, algumas amigas também fizeram receitas de Natal para a Ceia de vocês ficar ainda mais linda: a Bárbara fez um Bolo de Amêndoas e Laranja e a Priscila fez Quiche de Aspargos e Funghi, então vão lá ver porque tá muito delicia!

Red Velvet Naked Cake Natalino

Ingredientes do bolo:
– 2 1/3 de xícara de farinha de trigo
– 2 colheres de chá de fermento biológico
– 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
– 1 1/2 colher de sopa de cacau em pó
– 3/4 de xícara de manteiga sem sal
– 1 1/3 de xícara de açúcar
– 3 ovos grandes
– 1 colher de chá de essência de baunilha
– 1 copo de leite
– 1/2 limão
– 1 colher de sopa de corante vermelho

Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Comece batendo a manteiga até que ela fique esbranquiçada. Em seguida, acrescente o açúcar e bata até formar um creme branco e bem fofinho.

Enquanto isso, misture o fermento, a farinha, o bicarbonato e o cacau em uma tigela separada.
Esprema o limão dentro da xícara de leite e deixe descansar por 10 minutos. Essa é a nossa forma de fazer o buttermilk na versão brasileira, já que não temos o original por aqui – ele é quem vai colaborar para a textura “aveludada” característica do red velvet.

Adicione os ovos à batedeira, um a um, esperando que eles se incorporem bem.
Depois disso, coloque 1/3 da mistura de farinha e bata até incorporar. Adicione 1/3 do leite com limão e deixe que incorpore. Coloque também a colher de sopa de corante em gel vermelho. Repita o processo com o restante da farinha e do leite, até que estejam bem incorporados.

Pegue 4 assadeiras de 14cm e unte com manteiga e cacau em pó. Encha com a massa até a metade da altura e leve ao forno até que o palitinho saia limpo. Aqui em casa foram 33 minutos e alguns segundos.

Red Velvet Naked Cake Natalino

Ingredientes do recheio:
– 75g de manteiga sem sal
– 120g de cream cheese
– 420g de açúcar de confeiteiro
– 1 colher de café de corante verde

Sim, eu odeio medidas em peso. Mas a única forma que eu achei de ensinar perfeitamente esse creme tão perfeito que vai rechear nosso naked cake foi assim, então me perdoem pelo preciosismo de hoje.

É importante ter todos os ingredientes em temperatura ambiente.

Bata a manteiga na batedeira até ficar esbranquiçada e, em seguida, adicione o cream cheese e continue batendo até ficar um creme bem fofinho. Coloque metade do açúcar e espere incorporar, batendo devagar no começo para não fazer uma sujeira sem fim com a nuvem de açúcar. Depois adicione a outra metade e bata por, pelo menos, 5 minutos, até formar um creme bem fofo, liso e consistente.

Caso ele fique muito mole, adicione mais açúcar. Se ele ficar muito duro, adicione mais cream cheese. Mas nunca, nunca coloque mais manteiga do que isso ou seu creme começará a ficar engordurado.

Red Velvet Naked Cake Natalino

Para fazer a montagem é muito fácil. Espere os bolos esfriarem e desenforme. Acerte em cima e tire as laterais com delicadeza. Essa parte é opcional, mas como eu ia fazer um naked cake achei que ficaria mais bonito ver o bolo bem vermelhinho ao invés das bordas que sempre ficam mais queimadas.

Com cuidado, monte as três camadas do bolo. Eu não usei os 4, só 3 deles. No final, com a ajuda de um bico estrela médio, faça gotas em torno do bolo, decorando com um detalhe de creme de cream cheese com corante verde por cima, para dar um toque natalino, se quiser.

Red Velvet Naked Cake Natalino Red Velvet Naked Cake Natalino Red Velvet Naked Cake Natalino

Advertisements

2 thoughts on “Red Velvet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s